Santuário Arquidiocesano

Ermida da Padroeira de Minas - Basílica da Piedade

08h

15h
09h
15h
09h
15h
09h
15h
09h
15h
09h
15h
09h
15h

Basílica Estadual das Romarias

Domingo
09h30
11h
16h30
Você está em:

Padre Alex Favarato nos indica livro oferecido ao Papa Francisco em seu retiro quaresmal

Padre Alex Favarato nos indica livro com reflexões oferecidas ao Papa Francisco

“Elogio da Sede”, livro escrito pelo cardeal, teólogo e poeta português, José Tolentino Mendonça, (Ed. Paulinas) é uma obra de grande beleza e originalidade. Quem nos indica a experiência de conhecê-la é o reitor do Santuário Arquidiocesano São Paulo da Cruz, padre Alex Favarato. “De leitura fácil e palavras profundas o livro “Elogio da Sede” nos convida a redescobrir a bem-aventurança da sede”, diz padre Alex.

Ao redor do tema da sede o autor José Tolentino Mendonça conduz reflexões sobre o mundo pós-moderno. Uma leitura rica e envolvente. Trata- se de dez reflexões oferecidas ao Papa Francisco por ocasião do seu retiro quaresmal em 2018. “As reflexões do autor, com muita sensibilidade, nos coloca diante do poço da existência, da sede da alma , dos desejos mais íntimos do ser. Tema muito presente em nossas vidas e que vale a pena refletir”, recomenda padre Alex.

Apesar das constantes exigências  da vida contemporânea e das grandes responsabilidades dos sacerdotes, os livros podem ajudar nos desafios da caminhada missionária. Leitor que encontrou no livro um aliado, padre Alex acredita que é preciso criar intimidade com a prática da leitura e buscá-la: “Bons livros instruem nossa caminhada evangelizadora, além de nos amadurecer enquanto crescemos na fé e no amor aos irmãos, sobretudo com aqueles que estão na periferia do mundo como nos exorta o Papa Francisco”, sublinha. “Somente posso oferecer aos outros o que me é dado. Por isso preciso encontrar, no cotidiano, tempo para ler e rezar. Instruir-me, abastecer-me para dialogar com o mundo e com as pessoas.” Leitor convicto, padre Alex gosta dos temas de formação, espiritualidade e poesia. Cita como autores que aprecia, o monge alemão Anselm Grün  e Santa Tereza de Jesus, mística e santa católica do século 16.

 

VEJA TAMBÉM