Santuário Arquidiocesano

Ermida da Padroeira de Minas - Basílica da Piedade

08h

15h
09h
15h
09h
15h
09h
15h
09h
15h
09h
15h
09h
15h

Basílica Estadual das Romarias

Domingo
09h30
11h
16h30
Você está em:

Obras no Santuário da Padroeira de Minas avançam

As obras na proximidade da estrada que leva ao ponto mais alto do Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade avançam: a rocha que ameaçava se desprender e cair sob a única via que leva ao ponto mais alto do Santuário já foi removida, mas a equipe de engenheiros e geólogos do Santuário, que monitora as condições geológicas da Serra da Piedade, avaliou que, além da remoção da rocha, é importante providenciar mais um mecanismo de segurança para estrada: a instalação de uma cortina atirantada – que se assemelha a uma tela de aço – de mil metros quadrados, com bases fortes, capaz de prevenir eventuais instabilidades das pedras mais próximas à estrada. Até que a instalação deste dispositivo de contenção seja concluída, as visitas permanecem suspensas. Importante dizer que as chuvas recentes impactam o cronograma de trabalho e, por isso, ainda não há previsão para a reabertura.

Considerando a necessidade de interromper visitas, a equipe de gestão decidiu antecipar um importante trabalho que seria realizado em meados de 2023: a descupinização da imagem de Nossa Senhora da Piedade, obra do século 18, do mestre Aleijadinho. Para esse tratamento, a imagem foi retirada de seu altar, na menor basílica do mundo, a Ermida da Padroeira de Minas Gerais. O altar também está recebendo tratamento contra os cupins.

O Santuário Basílica da Padroeira e Minas Gerais não recebe peregrinos desde outubro, quando a sua equipe de geólogos e engenheiros identificou o deslocamento de uma rocha com 16 metros de altura e três de largura, pesando aproximadamente 500 toneladas. Logo em seguida, foram iniciados os trabalhos para remover a rocha. Durante o ano, o Santuário recebe, em média, 500 mil peregrinos. Todas as ações dedicadas ao cuidado com os visitantes, inclusive as intervenções de segurança na proximidade da estrada, além dos trabalhos de descupinização, são realizados com recursos do Santuário, fruto das doações. Quem puder ajudar, pode ligar para (31)3319-3111.

Você também pode fazer parte da Família dos Devotos de Nossa Senhora da Piedade e ajudar nos cuidados com o Santuário da Padroeira de Minas. Clique aqui e saiba mais.

VEJA TAMBÉM