Santuário Arquidiocesano

Santuário Arquidiocesano da Santíssima Eucaristia - Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem

07h

08h30
11h
18h
20h
07h
18h15
07h
12h15
18h15
07h
12h15
18h15
07h
12h15
18h15
07h
12h15
18h15
07h
18h15
Você está em:

Conheça o Instituto Mater Christi – IMC

INSTITUTO MATER CHRISTI

SÍNTESE HISTÓRICA

Idealizado e liderado por Lídia Adelaide Bracher Cavalcanti de Albuquerque, o Instituto “Mater Christi” iniciou-se, em Belo Horizonte, MG.

Lídia, juntamente com outras Senhoras católicas, foram seduzidas pelo ideal de prestar assistência, espiritual e material, aos sacerdotes seculares, que tudo deixaram, sendo exclusivamente servidores do Reino, cuidando, evangelizando o Povo de Deus.

Com esse objetivo, formou-se o primeiro Núcleo de apoio aos sacerdotes e ao seu ministério apostólico, de acordo com as necessidades que iam surgindo, e com orações permanentes para que eles fossem santos e santificassem aqueles que lhes eram confiados nas diversas comunidades.

Em 15/11/1954, Dom Antônio dos Santos Cabral, Arcebispo de Belo Horizonte, aprovou o primeiro Estatuto da Associação e abençoou o grupo de senhoras iniciantes desta importante Obra, que levou o nome de “Mater Christi”. Esse grupo, Instituto Mater Christi, visava assemelhar-se a Maria Santíssima, que cuidou de Jesus, Sumo e Eterno Sacerdote. Os membros da nova Associação deveriam assumir o compromisso de cuidar dos sacerdotes, principalmente daqueles que atuavam em locais mais distantes, daqueles mais pobres e mais necessitados, doentes ou idosos. A reunião mensal do grupo era realizada na casa de Dona Lídia, situada à Av. Carandaí, 902. Grandes e inúmeros foram os atendimentos e serviços realizados em favor dos sacerdotes da Arquidiocese.

Em 06/08/1958 o Estatuto do Instituto Mater Christi, como Associação Religiosa e Civil, foi aprovado pela Cúria Metropolitana de Belo Horizonte.

MISSÃO ESPECÍFICA 

Os membros do Instituto “Mater Christi” se comprometem com uma missão específica: consagram-se a Deus, prestando assistência espiritual e rezando constantemente pela santificação dos sacerdotes, para que estes mantenham sua fidelidade a Jesus Cristo, à Igreja, sejam santos e santifiquem o Povo de Deus pelo seu exemplo e pela sua pregação, tendo como consequência, inclusive, o aumento das Vocações sacerdotais. Os membros do Instituto Mater Christi também prestam assistência material aos sacerdotes necessitados, doentes, idosos; providenciam hospitalização e outros cuidados especiais, necessários e imediatos.

NÚCLEO DIOCESANO – SEDE EM JUIZ DE FORA

Dom Geraldo M. M. Penido, ao ser transferido de BH para JF, conhecedor do trabalho do Instituto, convida Dona Lídia, fundadora e presidente da instituição, para transferir a Sede para JF. Depois de uma intensa preparação das pessoas interessadas, foi fundado o Núcleo Diocesano e Paroquial e a Sede foi transferida para Juiz de Fora, em 1961, tendo a sua Sede própria à rua Vitorino Braga, 380/396.

Primeira Diretoria: O Diretor foi o próprio Dom Geraldo, e Dona Lídia foi a Presidente e para secretárias foram designadas Zilda Assunção e Affonsina Paletta. Em 1962, foi eleita a primeira diretoria do Núcleo de Juiz de Fora, sendo a presidente, Dona Francisca F. Alevatto. Dona Lídia, Diretora e Fundadora, dava assistência em Juiz de Fora e em Belo Horizonte.

O Instituto Mater Christi possui, atualmente, núcleos em Belo Horizonte, (22); em Juiz de Fora (02) e nas Cidades de: Guaraciaba, Porto Firme, Viçosa, Teixeiras e, Cajuri (Arq. de Mariana); Santa Margarida (Diocese de Caratinga),  sendo 1 Núcleo em cada uma dessas cidades.

Atualmente existem 120 membros efetivos, 80 membros aspirantes e colaboradores e 100 membros simpatizantes e auxiliares.

Para admissão de um novo membro é necessário um conhecimento geral, elementar do que seja o Instituto e um ano de formação específica. Após essa fase é feita a admissão temporária, para que depois se dê a admissão definitiva.

Aos membros do Instituto Mater Christi são propostas as seguintes virtudes, na imitação da Mãe de Cristo e de São José:

  • Disponibilidade generosa: humildade e simplicidade- (Lc.1,48);
  • Oração e contemplação- (Lc.2,19 ; 2 2,51; At. 11,14)
  • Doação co-redentora- (Lc. 1,38 e Jo. 19,25)
  • Serviço – (Lc,1,39)
  • Fé e confiança-(Mt.1,24)
  • Prontidão, renúncia- (Mt. 12 e 19)
  • Prática religiosa e contemplação – ( Lc. 2,33 e 2,41)

O Instituto Mater Christi foi abençoado pelos Papas: João XXIII, Paulo VI, João Paulo II, Bento XVI e Francisco.

TÍTULOS RECEBIDOS

O Instituto Mater Christi recebeu os seguintes títulos oficiais: Utilidade Pública Municipal (J.F.), Lei n2 11811, de 20/07/2009; Estadual (MG) , pelo Decreto n2 9.209 de 20/12/1965; e Federal, Processo MJ n2 08071.015462/2013-32, Portaria n2 1.686 de 17/10/2014; de Entidade Benemérita, Processo n27331.00/2015, Projeto 77/2015, Lei Municipal JF n213145, de 17/06/2015.

RESPONSÁVEIS

Diretor Geral: Dom Eurico dos Santos Veloso

Núcleo Arquidiocesano de Belo Horizonte:

Dom Walmor de Oliveira Azevedo

Presidente  Marileide de Oliveira Araújo

Em Belo Horizonte o Instituto Mater Christi realiza a Adoração mensal todo terceiro sábado, as 15h, na Igreja da Boa Viagem, seguindo-se a reunião mensal as 16h. Participe! A sua presença fará a diferença!

Maiores informações podem ser obtidas com Marileide de Oliveira Araújo pelos telefones 31 99992-9189 (WhatsApp) ou 31 3373-1289, ou pelo email marileide1972@terra.com.br e/ou adoremos1914@terra.com.br