Voluntários da Paróquia Cristo Rei, em Contagem, levam alimento e o evangelho a pessoas em situação de rua

O Projeto Alimentar cuida das pessoas em situação de rua, na região do bairro Amazonas, em Contagem. Os voluntários que realizam esse trabalho integram a comunidade da Paróquia Cristo Rei: aproximadamente 40 pessoas se reúnem todas as segundas-feiras à tarde e preparam o alimento para ser servido à noite.

O atendimento a quase 80 pessoas que vivem nas ruas é realizado por 12 integrantes da equipe que percorrem a cidade em uma van. Antes eram dois veículos. Atualmente, o grupo tenta conseguir outra van para substituir a que deixou de circular e, assim, agilizar a entrega das refeições.

Além dos 80 potes dos alimentos nutritivos, são distribuídos 14 litros de suco. Os ingredientes – carne, legumes, verduras e frutas são doados por pessoas da comunidade, por comerciantes e pelos próprios voluntários, que sempre levam algo de casa ou adquirido no caminho. Também é realizado um bazar, com objetos doados, que ajuda a manter essa ação social.

Todos os ingredientes que não serão usados na refeição da semana são doados para os vicentinos, que cuidam da doação de cestas básicas às famílias mais pobres da comunidade.

A iniciativa tem todo o apoio do pároco, padre Geovane Marques. Durante as missas e no contato com os fiéis, o sacerdote incentiva os paroquianos a fazerem doações. Assim, o pessoal que distribui a comida também consegue levar roupas e agasalhos para as pessoas que encontram nas ruas.

Os voluntários que evangelizam com o próprio gesto de doação, buscam, ainda, alimentar o espírito daqueles a quem ajudam, convidando para uma oração ou para refletir sobre a Palavra. Segundo esses voluntários, muitos daqueles que estão pelas ruas têm imensa carência emocional e espiritual. Mais do que apenas alimentar o corpo, sentem sede de ouvir a Palavra de Deus, de orar e de terem quem realmente se interessem por eles e os escute.

VEJA TAMBÉM