Você está em:

Serviço dedicado a crianças possibilita às mães buscar o mercado de trabalho

A Creche Infantil Príncipe da Paz nasceu da necessidade de ampliação do trabalho de amparo às famílias mais pobres da região do bairro Caiçara, realizado pela Comunidade Paroquial Nossa Senhora Rainha da Paz. Ao acolher as crianças em período integral, a ação social, que se iniciou com a distribuição de alimentos, passou a oferecer às mães a possibilidade de ingressarem no mercado de trabalho para melhorar a renda familiar. Com a força dos voluntários, a Creche tem, hoje, uma importante história construída ao longo de seus 30 anos de serviços à comunidade.

Depois de muita reflexão, oração e discernimento foram abertas as portas do salão paroquial para que as mães deixassem suas crianças, enquanto trabalhavam fora. As crianças, que não estavam acostumadas a tanto espaço, alimentação, brincadeira e muito carinho, faziam uma festa na creche. Durante algum tempo algumas senhoras da comunidade levavam a comida para as crianças que se fartavam com alegria.

Na hora do banho, do repouso, do “estudo” e na hora das brincadeiras, havia sempre uma senhora, um jovem, uma jovem que se dispunham a ajudar. Na época, eram apenas 14 crianças. Paralelamente, outras crianças eram acolhidas na hora das refeições. Três anos depois, a creche foi ampliada. Hoje, o espaço tem capacidade para 85 crianças.

O objetivo do trabalho é formar cidadãos que, tendo experimentado o amor de Deus, por meio daqueles que os cercam, e escutado o anúncio do Evangelho possam também dar esse testemunho do Amor de Deus e da Boa Nova de Jesus ao mundo.

Procurando desenvolver o trabalho de tal modo que a criança seja a protagonista, foi realizada a  assembleia de crianças.  Os desafios dos educadores e diretores da Creche são grandes. Eles dizem respeito à participação nos grupos comprometidos com a causa da criança e do adolescente; seguir o Estatuto da Criança e do Adolescente; manter uma convivência familiar e comunitária intensa, agradável, e aceitar com fé e coragem a missão de anunciar o Reino de Deus, mesmo numa situação tão difícil. Incluem também contribuir para que, na condição de cidadãos e cristãos, as crianças e famílias participem do cumprimento da missão de Jesus, norteadas pela mensagem do Cristo que pode ser resumida nesta passagem: “Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância”.  Outros desafios sempre surgem e a solução dos voluntários da creche é convocar a comunidade para ajudar.

É na Paróquia que a direção da creche encontra apoio para fazer as campanhas necessárias à manutenção dos serviços. Nas missas são divulgados os bazares, fonte de recursos para complementar a verba repassada pela prefeitura, parceira nesse projeto. Esses momentos, os padres aproveitam para apresentar os carnês a serem pagos por pessoas da comunidade, e assim ajudar a instituição.

A equipe técnica da Creche Príncipe da Paz é formada por Assistente Social, Dentista, Médico, Psicopedagogo, Professora. E uma equipe de serviços: 3 monitoras (1 para a faixa etária de 1 ano e meio a 2 anos e meio que formam a turminha Menino Jesus; outra para a turminha São José – crianças de 3 a 4 anos e outra que atende crianças de 4 a 5 anos – turminha Santa Terezinha); 1 auxiliar de serviços gerais; 1 cozinheira; uma coordenadora e um grupo de voluntárias em diversas atividades.  Essa história se repete no dia a dia, entre sorrisos e dificuldades, entre esperanças, porque todos sabem que caminho precisa ser construído.

 

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS