Paróquia promove iniciativas de espiritualidade, cidadania e geração de renda para a mulher

A Comunidade São Domingos Sávio, que integra a Paróquia Cristo, Luz dos Povos, é um importante exemplo de valorização da presença da mulher na igreja e na sociedade. Espiritualidade, cidadania e geração de renda são pilares do trabalho realizado pelo Grupo de Mulheres que, nos domingos do mês de dezembro, realiza a 2ª Feira de Artesanato Mulheres Tecendo Histórias. As integrantes do grupo vão expor e comercializar trabalhos artesanais produzidos por elas em suas casas e durante as reuniões semanais. O evento começa após a Missa, sempre às 9h, no salão paroquial da Igreja São Domingos Sávio – Rua Mogno, 395 – Nova Gameleira, Belo Horizonte.

Além de ajudar na complementação do orçamento doméstico,  a iniciativa tem contribuído para o fortalecimento dos laços de amizade na comunidade e a superação de questões relacionadas à saúde psicológica e emocional.

O Grupo de Mulheres da Comunidade São Domingos Sávio foi criado a partir da Pastoral da Mulher, com a intenção de oferecer um espaço de convivência, diálogo e orientação, visando ao empoderamento das mulheres, por meio de debates, palestras, reflexões a cerca das questões do feminino e da espiritualidade e de uma roda de produções artesanais. Dentre seus objetivos estão a potencialização da autoestima, a oferta de atividade produtiva, com possibilidade de geração de renda e a valorização das  habilidades manuais. Busca, ainda,  promover o diálogo e o debate de questões do cotidiano feminino, despertar a consciência ecológica, priorizando o uso de materiais reciclados na produção artesanal, e estimular a consciência crítica, o exercício da cidadania e a prática da espiritualidade.

Segundo a coordenadora, Maria de Lourdes Vieira, a pastoral segue os princípios da autogestão, ou seja,  o processo e o resultado da organização do coletivo se dão de forma compartilhada, com as atividades organizadas em três frentes: as rodas de conversa, que é um espaço de acolhimento, criação de vínculos, definições do grupo, bem como, dos momentos de espiritualidade; as oficinas de artesanato e as oficinas temáticas realizadas com a finalidade de orientar, estimular o senso crítico. De forma cuidadosa, respeitosa e integral são abordados assuntos de interesse coletivo  (saúde, relacionamentos interpessoais, autoestima, direito, espiritualidade, política e cidadania).

Uma das integrantes e co-fundadora do grupo,  Cristina Menezes, afirma que é muito gratificante participar de um trabalho como esse realizado pelo Grupo de Mulheres da Comunidade São Domingos Sávio: iniciativa que ajuda a transformar vidas de pessoas por meio da superação do sofrimento e da solidão, do trabalho criado e produtivo e do resgate da autoestima.

 

VEJA TAMBÉM