Arquidiocese de BH acolhe novo grupo de migrantes

A Arquidiocese de Belo Horizonte acolhe novo grupo de  venezuelanos, que partiu de Roraima em busca de trabalho em Minas Gerais. Ao todo, 20 pessoas foram acolhidas na Casa do Migrante da Arquidiocese de BH, situada no Centro da Capital, na quarta-feira, dia 12 de junho.

O primeiro grupo de venezuelanos acolhido pela Instituição no dia 15 de fevereiro, já conseguiu se inserir no mercado de trabalho e conquistar autonomia. Eles agora residem em cidades do interior de Minas.

Venezuelanos, haitianos e sírios têm deixado seus países e migrado para o Brasil por sofrerem as consequências de crises políticas, desastres ambientais e guerras. A migração é o único caminho que encontram para vencer a miséria.

Venezuelanos, haitianos e sírios, acolhidos na Arquidiocese de Belo Horizonte, serão homenageados durante programação especial no Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua – Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem, no bairro da Boa Viagem, neste domingo, 16 de junho. A Missa das 11h terá preces no idioma dos migrantes. Logo após a Missa, será realizada quermesse com comidas típicas da Venezuela e de outros países representados na Celebração. A programação começa às 9h30, com conferência sobre as migrações na atualidade, conduzida pelo professor do curso de psicologia da PUC Minas, Henrique Galhano Balieiro.

A programação especial integra a Semana Eucarística do Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua Nossa Senhora da Boa Viagem. O ápice dessa programação é a Festa de Corpus Christi, quando os cristãos católicos vão às ruas testemunhar sua fé na Eucaristia – o Santíssimo Sacramento. Neste dia, procissões com o Santíssimo são realizadas sobre os tapetes feitos de serragem, nas ruas das cidades. No centro de Belo Horizonte, um grande tapete ligará as Igrejas Nossa Senhora da Boa Viagem e São José.

Programação – homenagem aos migrantes:

Local: Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua – Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem – Rua Sergipe, 175, bairro da Boa Viagem
9h30 – Conferência sobre as Migrações na Atualidade
11h – Missa com preces nos idiomas dos migrantes.
12h30 – Quermesse com comidas típicas dos países dos migrantes

VEJA TAMBÉM