No Matrimônio, homem e mulher constituem uma comunhão íntima por toda a vida e celebram o amor esponsal de nosso Deus. Essa união foi elevada por Cristo Jesus à dignidade de sacramento, para o bem dos cônjuges e das famílias, pois é capaz de exprimir a entrega de Cristo na cruz pela humanidade (cf. Ef 5,32). A Sagrada Escritura, ao narrar a criação do homem e da mulher à imagem e semelhança de Deus, ao tomar a união entre esposo e esposa como imagem da Aliança, e ao terminar com a visão das “núpcias do Cordeiro” (Ap 19, 9), revela a grandeza desse sacramento. Do princípio ao fim, a Escritura fala do Matrimônio e do seu “mistério”, da sua instituição e do sentido que Deus lhe deu, da sua origem e da sua finalidade, das suas diversas realizações ao longo da história da salvação, das suas dificuldades nascidas do pecado e da sua renovação “no Senhor” (1 Cor 7, 39), na Nova Aliança de Cristo com a Igreja.

Preparação para o Matrimônio: os noivos devem apresentar, na secretaria da igreja, a identidade e comprovante de endereço para a marcação da data, ao menos três meses antes. Conforme a procura, esse agendamento deve ser feito com maior antecedência ainda. É importante fazer contato telefônico prévio com a paróquia para se informar sobre detalhes do processo matrimonial, que envolve: o agendamento e apresentação dos documentos, os proclamas e a entrevista. Além do processo, exige-se a participação no encontro catequético pré-matrimonial.

 


Para mais informações sobre os cursos de preparação, documentos e agendamento do seu casamento entre em contato com a sua Paróquia.

Encontros de preparação para o casamento