Você está em:

Pensar segundo Deus – o Papa na missa desta sexta-feira afirmou que o cristão não cede ao pensamento uniforme

O cristão pensa segundo Deus e, por isso, recusa o pensamento débil e uniforme. Esta a principal mensagem do Papa Francisco na missa desta sexta-feira na Capela da Casa de Santa Marta. O Senhor ensina os seus discípulos a compreenderem “os sinais dos tempos”, sinais que os fariseus não souberam acolher. O Papa partindo do Evangelho do dia deteve-se na ideia de “pensar em cristão”. Quem segue Jesus não pensa só com a cabeça mas também com o coração:

“No Evangelho Jesus não se zanga, mas faz de conta quando os discípulos não percebiam as coisas. Àqueles de Emaus diz: ‘Homens sem inteligência e lentos de coração’… Aquele que não percebe as coisas de Deus é uma pessoa assim. O Senhor quer que nós percebamos o que acontece: o que acontece no meu coração, o que acontece na minha vida, o que acontece no mundo, na história… O que significa este o que acontece agora?… Estes são os sinais dos tempos! Ao contrário, o espírito do mundo faz-nos outras propostas, porque o espírito do mundo não nos quer povo: quer-nos massa, sem pensamento, sem liberdade.”

“O pensamento uniforme, o pensamento igual, o pensamento débil, um pensamento assim difuso. O espírito do mundo não quer que nós nos perguntemos perante Deus: ‘Mas porquê isto e porque é que acontece aquilo? Ou também nos propõe um pensamento prêt-a-porter, segundo os próprios gostos: ‘Eu penso como eu gosto!’ Mas isso está bem dizem eles… mas aquilo que o espírito do mundo não quer é aquilo que Jesus nos pede: o pensamento livre, o pensamento de homem e de uma mulher que são parte do Povo de Deus e a salvação foi isto mesmo! Pensai nos profetas…’Tu não eras meu povo e agora chamo-te meu povo: assim diz o Senhor. E esta é a salvação: fazer-nos povo, povo de Deus, ter liberdade.”

O Santo Padre considerou ainda que Jesus pede-nos para pensar livremente para perceber o que acontece, para compreendermos os sinais dos tempos, sempre com a ajuda de Deus:“…apenas temos um pensamento segundo Deus. Com este pensamento, que é um pensamento da mente, do coração e da alma. Com este pensamento, que é dom do Espirito, procurar o significado das coisas e compreender bem os sinais dos tempos.”

Rádio Vaticana
29-12-2013

VEJA TAMBÉM