Você está em:

Dar lugar a Jesus e não ao barulho e às compras – o Papa na missa desta segunda-feira, an

Neste Natal devemos dar lugar a Jesus e não às compras e ao barulho das festas. Para tal devemos estar vigilantes e preparados para a vinda do Senhor. Esta a ideia principal da Missa celebrada pelo Papa Francisco na Capela da Casa de Santa Marta. E a Igreja tal como Maria também está na expectativa da vinda do Senhor:

“… a nossa alma assemelha-se à Igreja, a nossa alma assemelha-se a Maria. Os padres do deserto dizem que Maria, a Igreja e a nossa alma são femininas e aquilo que se diz de uma, analogamente pode-se dizer da outra. A nossa alma também está à espera, nesta espera da vinda do Senhor; uma alma aberta que chama:’Vem, Senhor’.”

“E eu pergunto-me: estamos em espera ou estamos fechados? Estamos vigilantes ou estamos seguros num hotel, ao longo do caminho e já não queremos andar para a frente? Somos peregrinos ou somos errantes? Por isso a Igreja nos convida a rezar isto: Vem, a abrir a nossa alma e que a nossa alma seja, nestes dias, vigilante em espera. Vigiar! o que acontece em nós se vem o Senhor ou se não vem? Há lugar para o Senhor ou há lugar para festas, para fazer compras, para fazer barulho… A nossa alma está aberta, como está aberta a Santa Madre Igreja e como era a Nossa Senhora? Ou a nossa alma está fechada e colocamos na nossa porta um cartãozinho, muito educado que diz: Pede-se para não perturbar!”

O Papa Francisco concluiu assim a sua homilia exortando todos a terem a alma aberta, que seja uma alma grande para receber o Senhor neste Natal:
“E hoje repetir tantas vezes ‘Vem’, e tentar que a nossa alma não seja uma alma que diga: ‘Não disturbar’ Não ! Que seja uma alma aberta, que seja uma alma grande, para receber o Senhor nestes dias e que comece a sentir aquilo que amanhã na antífona nos dirá a Igreja:’Sabei que hoje vem o Senhor! E amanhã vereis a sua glória!” (RS)

 

 Rádio Vaticana

VEJA TAMBÉM