Você está em:

Durante a viagem à Terra Santa, em Missa celebrada em Aman, o convite do Papa a ser artífices de paz

–  Por detrás dos mercantes de armas – um novo apelo a favor da Síria durante o encontro com os jovens refugiados e deficientes

– Chegou a hora da coragem – ao chegar a Belém o Pontífice convidou a gestos generosos e criativos para pôr fim ao conflito

–  A violência não se vence com a violência – com as crianças no campo prófugos de Dheisheh

–  O sinal da criança – a homilia da missa celebrada na praça da Manjedoura em Belém

 – Na minha casa de paz – o Papa Francisco convidou os presidentes palestinianos e israelianos a um encontro de oração no Vaticano

– Do sonho para a realidade – ao chegar a Israel o Pontífice repropôs o convite a rezar pela paz e relançou a solução dos dois Estados

– A pedra removida do sepulcro – o Papa Francisco na celebração ecuménica em recordação do encontro entre Paulo VI e Atenágoras

 -Ninguém instrumentalize o nome de Deus – o apelo durante a visita ao grã-mufti de Jerusalém

– Nunca mais – no Yad Vashem a invocação do Papa

– Juntos contra qualquer discriminação – aos grão-rabinos de Israel

– A paz exige o respeito de todos – ao presidente Peres o Papa renovou o apelo a superar controvérsias e conflitos .


 L’Osservatore Romano

VEJA TAMBÉM