Você está em:

Via-sacra luminosa: momento de emoção e fé no Santuário Nossa Senhora da Piedade

Centenas de fiéis acompanharam emocionados a Via-sacra luminosa e a encenação da Paixão de Cristo nesta terça-feira, dia 3, no Santuário Nossa Senhora da Piedade, em Caeté. Com velas acesas, entoando cantos e orações, seguiram em procissão pelas quinze estações da paixão, morte e ressurreição de Cristo – oportunidade especial de fortalecimento da fé e preparação para vivenciar as celebrações da Semana Santa.

As passagens bíblicas foram refletidas e associadas a temas atuais, como a Campanha da Fraternidade que este ano tem como tema “Fraternidade e saúde Pública e como lema “Que a saúde se difunda sobre a terra”.(cf.Eclo 38,8)

Para o arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, a Via-sacra é um marco de piedade de grande importânciate para a vida e para o fortalecimento da espiritualidade cristã. “Vivenciar esta experiência aqui no Santuário Nossa Senhora da Piedade, que abriga a Padroeira de Minas Gerais,  é ainda mais especial. É um santuário Mariano, dedicado à Nossa Senhora da Piedade, que é Maria, nossa Mãe.”

Para o pró-reitor do Santuário, padre Carlos Antônio Silva, a Semana Santa é um momento para cada cristão fortalecer e renovar a fé. Oportunidade para meditar sobre o mistério Pascal, a paixão e morte de Jesus Cristo.
 

A Via-sacra foi encenada por 50 atores do Centro Artístico Cultural São João Batista (Cenarc), que há 28 anos evangeliza por meio do teatro.
 

Imprensa:

Rede Minas
TV Alterosa
TV Horizonte
Jornal Estado de Minas
Jornal O Tempo

 

Veja mais fotos aqui.

 
 Celebrações dos bispos auxiliares:

Dom Joaquim Mol presidiu Celebração Eucarística e confissão comunitária na Paróquia Bom Pastor, bairro Bom Pastor.

Na Paróquia Santos Anjos da Guarda, bairro Caiçara, dom Luiz Gonzaga Fechio, presidiu Celebração Eucarística e convidou os fiéis para um momento de reflexão sobre o sentido da Páscoa na vida de cada um e a importância da comunhão com os irmãos, não só durante a Semana Santa, mas em todos os dias. Ao final da
celebração, um grupo de 15 jovens da paróquia encenaram as Sete Dores de Maria.

A comunidade também recebeu um grupo da Campanha Faço Parte, importante instrumento da Arquidiocese de Belo Horizonte que contribui para as obras da Catedral Cristo Rei, manutenção do Santuário Nossa Senhora da Piedade e da Catedral – Rede de Comunicação Católica.

Dom João Justino de Medeiros Silva celebrou a Eucaristia e Adoração ao Santíssimo Sacramento na Paróquia Nossa Senhora de Nazaré, bairro Santa Inês, concelebrada pelo monsenhor Lydio de Miranda Murta, que este ano completa 50 anos de sacerdócio. Na oportunidade, dom João Justino homenageou o monsenhor pelo jubileu de ouro.