Você está em:

Torcida de Deus: vamos juntos celebrar a nossa fé na Sagrada Eucaristia – 3 de junho

As comunidades de fé da Arquidiocese de Belo Horizonte estão convocadas para a tradicional Torcida de Deus, no dia 3 de junho (domingo), no Mineirão. Neste ano, o tema da Torcida de Deus é “Ano do Laicato: cristãos leigos e leigas, a força missionária da Igreja em saída”.

A programação começa às 14h, com a abertura dos portões e apresentações culturais. Às 16h, o arcebispo dom Walmor celebra a Eucaristia, concelebrada pelos bispos auxiliares e padres da Arquidiocese de Belo Horizonte. A Torcida de Deus é concluída com a procissão com o Santíssimo Sacramento.

Em breve, as comunidades de fé da Arquidiocese vão receber os convites a serem distribuídos para os fiéis nas suas paróquias. A entrada para a Torcida de Deus é gratuita.

Realizada desde 1975, a Torcida de Deus reúne, tradicionalmente, milhares de fiéis no Mineirão para testemunharem a fé no Santíssimo Sacramento.

A inspiração dos Jogos Olímpicos de Munique

Neste ano, a Torcida de Deus completa 43 anos. Sua primeira edição ocorreu em 1975, ainda no arcebispado de dom João Resende Costa, que tinha como bispos auxiliares dom Serafim Fernandes de Araújo e dom Arnaldo Ribeiro, inspirada na integração proposta pelos Jogos Olímpicos, que ocorreram três anos antes, em Munique, Alemanha. Em algumas edições, registrou lotação total do Mineirão que, na época tinha capacidade para 120 mil torcedores nas arquibancadas, geral e cadeiras.

Um dos momentos mais marcantes foi a cerimônia de beatificação de Padre Eustáquio, em 2006. Também, foi a primeira celebração da Torcida de Deus presidida por dom Walmor, que havia assumido Arquidiocese de Belo Horizonte dois anos antes.

Naquele ano, o Arcebispo recebeu na Capital Mineira o representante do então Papa Bento XVI, cardeal José Saraiva , prefeito da Congregação para a Causa dos Santos. Assim, dom Walmor presidiu a Celebração Eucarística, e dom José Saraiva, o rito de beatificação. Segundo padre José Geraldo Sobreira, estiveram presentes 70 mil pessoas, na época, lotação máxima do Mineirão que já havia reduzido a capacidade público para quase a metade, em razão das novas normas de segurança. A cerimônia chamou muito a atenção dos fiéis pois, ainda não era comum as beatificações ocorrerem fora do Vaticano, junto às comunidades que vivenciaram a história de seus bem-aventurados.

Os preparativos para a chegada do Terceiro Milênio

O ano de 1997 marcou a história desse importante evento, com o início do Grande Jubileu “Rumo ao novo milênio”. Os preparativos haviam sido iniciados em 1994, com a publicação pelo Papa São João Paulo II, da carta apostólica Tertio Millennio Adveniente (do latim: “À medida que nos aproximamos do Terceiro Milênio”).

Na carta, o Santo Padre pedia à Igreja para iniciar um período de três anos de intensos preparativos. O primeiro ano de 1997, foi caracterizado pelo estudo, reflexão e seguimento da Pessoa de Jesus – refletido na liturgia da Torcida de Deus. A segunda, em 1998, pela meditação sobre o Espírito Santo; e a terceira, em 1999, pela meditação da Pessoa de Deus Pai. Cada ano foi acompanhado por uma oração especial de consagração à Virgem Maria.

Foi um ano especial para todos os que começaram a vivenciar esse intenso período de oração e esperança, no ano em que a Capital do Estado comemorava seu centenário.mor de Deus para todos os paroquianos interessados.

Torcida de Deus 2018 – programação – 3 de junho (domingo)

14h – Abertura dos portões, início das apresentações culturais e artísticas

16h – Celebração Eucarística

Veja aqui as orientações para as caravanas. 

Baixe aqui o mapa do Mineirão.
O Estádio possui duas amplas entradas, a Esplanada Sul (localizada na Av. Coronel Oscar Paschoal) e a Esplanada Norte (localizada na Av. Abrahao Caram).