Você está em:

Apresentação cultural de crianças e jovens marca os 30 anos da Associação Projeto Providência

A Associação Projeto Providência completa 30 anos de ação social em favor das crianças e jovens em situação de risco social. Dentro das atividades comemorativas, crianças e jovens da Associação apresentaram a peça cultural “Toda memória tem uma história”, nesta quinta-feira, 17 de maio, no Teatro Francisco Nunes. Durante a apresentação cultural, os jovens realizaram encenações, danças e música.

Dom Mol, bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, participou do evento e destacou a importância do trabalho realizado pela Associação Projeto Providência: “o trabalho do Projeto Providência é muito importante porque envolve crianças e adolescentes […] ele tenta favorecer uma vida digna, um futuro melhor e um presente alegre exatamente na fase da infância e adolescência. Isso significa abrir uma perspectiva diferente”.

Sobre a Associação Projeto Providência

A Associação é uma entidade filantrópica que atende cerca de 1.600 crianças, adolescentes e jovens, na faixa etária de 2 a 18 anos, em situação de risco social, violência familiar e extrema pobreza.

O Projeto foi fundado em Minas Gerais, Belo Horizonte, na comunidade de Vila Maria, conhecida como “Favela dos Caixotes”, no Bairro Jardim Vitória, oficialmente, em 1º de maio de 1988. Em 1994, foi implantado, no bairro Taquaril, a segunda unidade do Projeto denominado Projeto Providência Páscoa. E, pelas mesmas necessidades, em 2001, foi implantada a terceira unidade, no Fazendinha, Aglomerado da Serra.

Ao longo desses anos, estima-se que já passaram mais de 40.000 crianças e adolescentes na Associação Projeto Providência.

Confira a galeria de fotos da apresentação “Toda memória tem uma história”.