Você está em:

Terço dos homens: Milhares de fiéis vivenciam a fé no Santuário da Padroeira de Minas

No dia 25 de agosto, mais de 10 mil peregrinos se reuniram na 5ª Peregrinação do Terço dos Homens ao Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade.

Cir Alves Maciel, de 82 anos, participou da peregrinação.

A peregrinação começou às 7h, com diversos fiéis rezando o terço enquanto subiam ao Santuário. Junto dos peregrinos estava o senhor Cir Alves Maciel, de 82 anos, da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, no bairro João Pinheiro, em BH, com o terço em mãos, participa pela primeira vez do evento: “rezo o terço dos homens todas as quintas-feiras em minha Paróquia, não perco um. Já vim outras vezes ao Santuário, mas é a primeira vez à Peregrinação” conta Cir, que veio acompanhado do filho.

Já para o senhor Alvino Pereira de Melo, de 96 anos e sua esposa Maria Galdina, de 59, da Paróquia Santiago Maior, que vinham ao Santuário Basílica pela primeira vez, as belezas naturais surpreendem “nunca

Alvino Pereira de Melo, de 96 anos e sua esposa Maria Galdina, de 59, querem voltar no próximo ano.

tinha vindo ao Santuário, não sabia que era tão bonito. Dá para ver Deus na natureza”. Maria Galdina é companheira fiel do Terço “acompanho sempre meu marido em nossa Paróquia e fiz questão de vir com ele aqui. A fé nos une e, se Deus permitir, ano que vem estaremos aqui novamente”.

Após a caminhada, os fiéis se reuniram em frente à Ermida da Padroeira para rezar o Terço. A família Diniz, da cidade de Itaúna, veio completa para a peregrinação. Carlos Diniz, de 51 anos, veio acompanhado dos filhos, da irmã e do cunhado “saímos de casa às 5h30. Acompanho desde a primeira vez, nunca deixei de participar”, segundo Carlos “o mais importante é manter toda a família unida na fé”.

Carlos Diniz, ao centro, e sua família vieram de Itaúna.

O Arcebispo dom Walmor presidiu a Missa, com a participação de mais de 10 mil peregrinos. Segundo o Arcebispo “nesta quinta edição, vemos um número ainda maior de participantes, o que mostra que as famílias tem se dedicado cada dia mais à oração”.

Dom Walmor ressaltou que “a devoção a Maria precisa se multiplicar e crescer, precisa ser plantada no coração das crianças e dos jovens, pois essa devoção nos leva ao seguimento de Jesus”.

O Arcebispo disse ainda que o Santuário da Padroeira de Minas tem

Milhares de fiéis participaram da Celebração.

tudo aquilo que é mais importante em nosso Estado “o povo de Deus, o bem mais precioso da Igreja e a fé do povo mineiro”.

O Arcebispo dom Walmor destacou ainda a importância da preservação do Santuário “debaixo desta Igreja existem muitas riquezas: minérios e aquíferos e essa riqueza deve ser preservada, pois o maior valor do Santuário é a fé, junto da belíssima arquitetura divina”.

Por fim, o Arcebispo convidou os fiéis a conhecerem a campanha dos Devotos da Piedade. Saiba mais clicando aqui.