Você está em:

Na audiência geral desta semana, o Papa Francisco recordou , junto a milhares de fiéis, os 50 anos da Declaração do Concílio Vaticano II Nostra aetate. O documento refere-se às relações da Igreja católica com as religiões não cristãs.

O Papa Francisco destacou que o tema estava fortemente presente no coração do beato Paulo VI. Lembrou que na festa de Pentecostes do ano anterior ao fim do Concílio, o Paulo VI havia instituído o Secretariado para os não cristãos, hoje Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso. “Exprimo, por isso, a minha gratidão e as minhas calorosas boas vindas a pessoas e grupos de diversas religiões, que hoje quiseram estar presentes, especialmente aos que vieram de longe”.

Confira, aqui, a íntegra da catequese  do  Papa Francisco