Você está em:

Serviço da Arquidiocese de BH celebra 18 anos de acolhimento à população de rua

FOTOS MARCOS FIGUEIREDO

 

O Centro Pop (Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua) comemora, no próximo dia 30 de outubro, 18 anos de existência. Carinhosamente chamado de Projeto Cidadania, é um Serviço realizado pelo Vicariato Episcopal para a Ação Social e Política da Arquidiocese de Belo Horizonte por meio da Providência Nossa Senhora da Conceição, em parceria com a Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social.

Em torno de 150 pessoas que moram nas ruas de Belo Horizonte são atendidas no Centro Pop,  onde podem realizar higiene pessoal,  lavagem de roupas e guarda de pertences, além de serem encaminhadas para obtenção de documentos e assistência à saúde. Os usuários do Centro de Referência também participam de oficinas socioeducativas , sendo acompanhadas por uma equipe técnica.

O objetivo do Centro Pop, de acordo com o coordenador, Aloísio Geraldo de Carvalho Guimarães, é promover a Cidadania dessas pessoas levando-as a resgatar a autoestima e construir possibilidades de saída das ruas. “Busca-se também mudar o imaginário social que cerca essas pessoas vendo-as de maneira estigmatizada e negativa”, observa.

Aloísio Guimarães, que também é mestre em psicologia social,  ressalta que a equipe de trabalho procura construir as ações e atividades realizadas de forma horizontal, primando pela efetiva participação do usuário.

Dentro dessa perspectiva,  na comemoração pelos 18 anos do Centro Pop, será  realizada uma atividade  estruturada no formato de uma feira do conhecimento, com objetivo de ampliar o olhar e a discussão acerca do espaço social ocupado e destinado às pessoas em situação de vida nas ruas. O evento será no dia 30 de outubro a partir das 13 horas.

Como o Serviço possui várias Oficinas onde se estimulam a criação e a realização de atividades diversas, cada uma irá mostrar algo que sirva para ressaltar a capacidade das pessoas que vivem nas ruas. “Assim, teremos a mostra de uma Instalação denominada “A reprodução da rua” onde os usuários buscarão reproduzir o dia-a-dia nas ruas, de modo criativo,  com fotos, utensílios e outros elementos presentes nas suas rotinas”, explica o coordenador.  Exposição de pinturas; exibição de documentário, apresentação musical e de capoeira também fazem parte do evento.

 

Confira a programação: 

13:00 abertura normal do Serviço.
14:00 Intervenção Oficina  de Capoeira (15 min)
15:30 Intervenção Oficina de Música ( 30min)
16:00 Apresentação Documentário ( 7 min)
16:10 – Oração / Confraternização
16:40 – Encerramento

Centro de Referência especializado para Pessoas em Situação de Rua – Centro POP –  fica na Avenida  do Contorno, 10852, Barro Preto. O telefone para mais informações é o 3271-8484.