Você está em:

Seminaristas da Arquidiocese de BH visitam pobres e excluídos

Moradores de rua, detentos, jovens que cumprem medida socioeducativa e enfermos vão receber o amparo de 45 jovens que integram o Seminário Arquidiocesano Coração Eucarístico de Jesus. Os seminaristas da Arquidiocese de Belo Horizonte, de 20 a 24 de junho, realizam uma série de visitas a pessoas excluídas, pobres e fragilizadas. Divididos em cinco equipes, eles, durante todos os dias da semana, vão levar mensagens de esperança e doações aos que precisam de ajuda.  

A atividade inspira-se no Jubileu da Misericórdia, convocado pelo Papa Francisco. Também está integrada com os objetivos da Acolhida Solidária Dom Luciano Mendes de Almeida, instituição da Arquidiocese de Belo Horizonte que busca amparar todas as pessoas que precisam de ajuda. Os seminaristas, acompanhados de padres formadores, visitarão presídios, hospitais, centros de recuperação de menores infratores, dentre outras instituições. Como preparação para os muitos serviços, eles tiveram uma semana de formação missionária, com o auxílio de integrantes das pastorais sociais da Arquidiocese de Belo Horizonte.
 

Neste domingo, dia 19, o arcebispo dom Walmor Oliveira de Azevedo, preside Missa de envio Missionário dos seminaristas. A celebração será às 17h na Tenda Cristo Rei, canteiro de obras da Catedral Cristo Rei (Av. Cristiano Machado, 11910, bairro Juliana).