Você está em:

Santuário da Serra da Piedade se tornará monumento turístico

Na celebração do Jubileu de Ouro da consagração de Nossa Senhora da Piedade padroeira de Minas Gerais, o governador Antonio Anastasia declarou que pretende transformar o Santuário Estadual Nossa Senhora da Piedade no principal ponto de turismo do Estado. Durante a cerimônia do cinquentenário de Nossa Senhora da Piedade, o governador assinou o termo tornando o Santuário monumento turístico. O projeto será enviado à Assembleia Legislativa.

O anúncio foi feito na presença do Arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, dos cardeais dom Odilo Pedro Scherer e dom Geraldo Majella Agnelo, entre outras importantes autoridades da Igreja, do executivo e legislativo estadual e  municipal.

Durante a cerimônia, o governador anunciou também que pretende criar o roteiro religioso “De Padroeira a Padroeira”, ligando o Santuário de Nossa Senhora da Piedade ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo. “Acredito que temos aqui vários valores: o espiritual, o local de peregrinação, o valor ambiental. São valores importantes que cabem ao poder público proteger”, destacou o governador.

Para a secretária de Turismo, Érica Drumond, o termo assinado tem grande importância porque envolve as futuras administrações: “a proteção do Santuário torna-se responsabilidade do poder público.” A secretária explicou que o roteiro unirá os dois santuários e terá 600 quilômetros de extensão, passando por 32 cidades e mais de 200 igrejas. “É um caminho muito religioso e bacana. Temos de melhorar a infraestrutura para as pessoas que fazem as caminhadas à procura da fé. Vamos investir no melhoramento das estruturas, da sinalização e da segurança”, afirmou a secretária.

Histórico:

1956 – Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN)

2003 – Unidade de Conservação Municipal na categoria Área de Proteção Ambiental (APA): Água Serra da Piedade

2004 – Unidade de Conservação Estadual na categoria Monumento Natural: Constituição do Estado de Minas Gerais

2004 – Tombamento Municipal do Conjunto Cultural, Arquitetônico, Paisagístico e Natural da Serra da Piedade

2005 – Tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA)