Você está em:

Santuário da Padroeira de Minas recebe dom Cláudio Hummes e frades capuchinhos

Província Nossa Senhora da Piedade, que reúne as fraternidades de Minas Gerais, celebra o XIII Capítulo Provincial

 

 
Os frades Capuchinhos da Província Nossa Senhora da Piedade, que congrega as fraternidades de todo estado de Minas Gerais estão reunidos, durante toda esta semana em Belo Horizonte, para  celebrar o XIII Capítulo Provincial. Trata-se de um momento de reflexão sobre assuntos referentes à vida da Província e da eleição do novo governo provincial.

Com Missa presidida por dom Walmor, segunda-feira, dia 25 de julho,  na Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Pompéia, iniciou-se o Capítulo Provincial, que reúne 51 frades capuchinhos das sete fraternidades presentes no Estado. O evento  prossegue até esta quinta-feira, dia 28 de julho, à noite, no Recanto São José, das Irmãs Franciscanas Alcantarinas.

Sempre que realizam o Capítulo Provincial, a cada três anos, os frades Capuchinhos visitam, em peregrinação, o Santuário Nossa Senhora da Piedade – Padroeira de Minas Gerais e Padroeira da Província.  Este ano, eles também escolheram realizar, no Santuário, o momento de formação, com assessoria do cardeal dom Claudio Hummes, sobre o do tema “Interpelações do pontificado de Francisco ao Carisma e à Ordem Franciscana”.

Segundo o frei João Ferreira Júnior, secretário do Capítulo, dom Cláudio Hummes observou ser  comum perguntarem ao Papa Francisco se ele é da Ordem Franciscana, e ele responder que embora Jesuíta, é seguidor de São Francisco de Assis.   A partir dessa constatação, o Cardeal provocou todos a refletirem sobre a atitude do Papa,  com o nome de Francisco,  escolher um projeto que os interpela como Franciscanos, e questionou: “Sendo o Papa, Jesuíta, seguidor de São Francisco, a quem nós  seguimos afinal?”

Dom Cláudio então convidou todos a se deixarem tocar pelo pontificado de Francisco, propondo três interpelações fundamentais: o lugar e a opção pelo pobre, a construção da paz   e a reverência à criação, fundamentadas na Encíclica Laudato Si’. O Cardeal lembrou que o documento desenvolve a questão ecológica não apenas do ponto de vista da ecologia verde, mas com reflexões a respeito da economia e das relações sociais e humanas,  apresentando, com profundidade, uma ecologia integral.

Dom Cláudio Hummes  fez duas conferências e à tarde celebrou a Eucaristia na Ermida da Padroeira de Minas. Durante a homilia, convocou todos a se deixarem  interpelar “pela novidade que vem do Evangelho que hoje nos chega por meio do pontificado de Francisco”.