Você está em:

Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu celebra 65 anos de história, fé e devoção

Celebrar os 65 anos de existência do Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu é um marco histórico para nossa cidade e toda a Arquidiocese de Belo Horizonte. Neste contexto especial, no próximo dia 18 de outubro, terá início a 65ª Novena do Padroeiro, com programação repleta de momentos celebrativos, em comemoração ao Santo das causas impossíveis.

“Nesta ‘Casa de Espiritualidade, da Acolhida aos Pobres e da Cultura’, todos os dias 28 do ano, em especial no mês de outubro, é vivenciada a força da fé genuína, que move peregrinos vindos dos mais distantes bairros e até outras cidades, para testemunhar sua devoção a São Judas Tadeu e a gratidão a Deus. Nesse ano, em especial, celebraremos nossos 65 anos e preparamos um momento rico de celebração, oração, devoção e evangelização”, comenta Pe. Nivaldo Ferreira, pároco e reitor do Santuário.

Além das atividades tradicionais, como as procissões luminosa e motorizada, que são pontos altos da Novena, neste ano, momentos celebrativos com o “Rito da Dedicação do Altar” e as “Bênçãos do Ambão, da Pia Batismal e da Sédia”, prometem marcar as festividades, que ainda contarão com a apresentação do vídeo “Nos Passos de São Judas: relatos e memórias do nosso Santuário”.

Após as celebrações eucarísticas, o Santuário também preparou uma rica programação cultural, com destaque para a presença da Banda de Música do Corpo de Bombeiros Militares de Minas Gerais, Banda de Música do 12º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro, Orquestra Sinfônica da Polícia Militar de Minas Gerais e cantora Alzira Carrilo.