Você está em:

Santo Sudário: momento de oração presidido por dom João Justino marca abertura de exposição

Um momento especial de oração presidido por dom João Justino na noite de terça-feira, dia 22, marcou a abertura da exposição Quem é o Homem do Sudário, que apresenta pela primeira vez em Minas Gerais,  uma réplica do Santo Sudário – manto que teria envolvido Jesus após sua morte – , além de objetos e estudos científicos. 
 
Dom João Justino ressaltou que é uma verdadeira graça para os fiéis receber essa exposição no período da Semana Santa e no Tempo Pascal, pois o Sudário aponta para o mistério do ressuscitado. “Nas marcas do Sudário, a referência de que Cristo venceu a morte. É o que celebramos na Semana Santa e é o fundamento da nossa fé cristã. Portanto, a exposição tem um significado bastante evangelizador”.  
 
Durante a programação, o coral do Colégio São Franscisco de Assis – Frades Capuchinhos, interpretou clássicos da música popular brasileira. Também foi exibido um vídeo com imagens em 3D (três dimensões), sobre a Praça das Famílias e os espaços internos da Catedral Cristo Rei; e um convite para os visitantes participarem doarem, como gesto solidário,  alimentos não perecíveis para a Acolhida Solidária Dom Luciano Mendes de Almeida, que integra o Vicariato Episcopal para a Ação Social e Políticada Arquidiocese de Belo Horizonte. Em uma visita guiada, a represente da curadoria, Vera Tostes, apresentou  a exposição para dom João Justino e a imprensa presente.
 
Com curadoria do Padre Alexandre Paciolli, a mostra dispõe de aproximadamente 40 painéis que contam a história do lençol que mostra marcas de um homem que foi flagelado, torturado e crucificado, e que até os dias de hoje a ciência não conseguiu reproduzir. Ocupando um espaço de cerca de 400m², a exposição é um circuito dividido em cinco fases que, além de uma verdadeira aula sobre os mistérios do Sudário, oferecerá ao visitante uma inesquecível experiência sensorial.  A primeira fase apresentará, em cinco painéis, o Mapa do Sudário, onde será possível compreender os diversos traços e desenhos do manto sagrado. Além disso, o visitante encontrará um fac-símile do lençol sepulcral, que é exposto em Turim, na Itália, e poderá conferir mostruários com as réplicas das moedas colocadas sobre os olhos do Homem do Sudário, dos pregos, dos flagelos, da coroa de espinhos e da tumba onde ele foi enterrado.

A Acolhida Solidária Dom Luciano Mendes de Almeida ampara e acolhe os mais pobres, em suas necessidades mais emergenciais – oferece atendimento a moradores de rua, pessoas que sofrem com a dependência química, vítimas de violência doméstica. Também organiza campanhas de ajuda humanitária. A Acolhida Solidária Dom Luciano Mendes de Almeida fica na Rua Além Paraíba, 208, bairro Lagoinha. Informações: 3423-2187.
 

A exposição é gratuita e ficará aberta à visitação até o dia 30 de abril, de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingo, das 14h às 20h, no piso G2 do Boulevard Shopping (Av. dos Andradas, 3.000, Santa Efigênia). 
Informações: www.boulevardshopping.com.br │ (31) 2538-7438/ 7439
 
 


 


 
 

 


Imprensa:
Rede Minas
TV Band
TV Horizonte
TV Canção Nova
Rádio América

VEJA TAMBÉM