Você está em:

Romaria por uma Ecologia Integral a Brumadinho: Nota de esclarecimento – unidade, cultura e fé

Alguns fiéis têm recorrido ao site e redes sociais oficiais da Arquidiocese de Belo Horizonte para apresentar questionamentos a respeito da 1ª Romaria Arquidiocesana por uma Ecologia Integral a Brumadinho. Torna-se, pois, oportuno esclarecer:

1 – A Romaria é evento organizado pela Igreja, com atividades que se concentram somente no dia 25 de janeiro – um ano da tragédia-crime ocorrida em Brumadinho.

2 – A Romaria não é de grupos específicos da sociedade civil. Organizada pela Igreja, a Romaria é para todos, indistintamente, sem exclusões. A Igreja não é clube de amigos ou partido político. É o Povo de Deus que caminha rumo ao Reino Definitivo. Assim, todos podem participar da Romaria, inclusive os que integram grupos da sociedade civil.

3 – A arte inspira a fé, pois toca na sensibilidade humana. O momento cultural que conclui a Romaria não é “show”. Trata-se do encontro de artistas que decidiram homenagear Brumadinho, com a participação da Banda São Sebastião e Orquestra Inhotim. Momento místico com poesias para ampliar a voz dos que clamam por justiça.

A Igreja sempre esteve e estará com o povo de Brumadinho. Não é hora para polêmicas ou polarizações, mas de fazer memória dos que perderam a vida, ajudar os que enfrentam o luto e se solidarizar com todos que ainda sofrem com a injustiça. Trabalhemos por uma nova lógica ambiental não submetida à idolatria do dinheiro, por dinâmicas que garantam a sustentabilidade e o equilíbrio ecológico. Prevaleça sempre a unidade, conforme nos pede Cristo ao orar ao Pai, suplicando para que todos sejam um para que o mundo creia (Jo 17,21).