Você está em:

Religiosos agostinianos realizam assembleia latino-americana em Belo Horizonte

Frei Luís Antônio Pinheiro preside a 19ª Assembleia da Organização dos Agostinianos da América Latina, em Belo Horizonte

A 19ª Assembleia da Organização dos Agostinianos da América Latina (OALA) está sendo realizada em Belo Horizonte, e prossegue até o domingo, dia 28. O evento celebra os 50 anos da associação, reunindo religiosos superiores responsáveis pela Ordem Agostiniana de diversos países da América Latina. O encontro é presidido pelo Frei Luiz Antônio Pinheiro, presidente do Vicariato Agostiniano Nossa Senhora da Conceição, organizador do evento.

Durante os seis dias de assembleia, serão avaliados os resultados das ações implantadas a partir da assembleia anterior e elaborado o planejamento para o próximo triênio.

Aproximadamente 60 religiosos agostinianos participam deste encontro, com as presenças do Prior Geral da Ordem de Santo Agostinho no mundo, o Frei Alejandro Moral Antón, que reside em Roma, na Itália, e do secretário geral da OALA, Frei Edinson Farfán. Com representação de mais de 18 países, o evento é oportunidade para a troca de experiências entre os irmãos do continente latino-americano.

Na sexta-feira, dia 26, o grupo visitará a cidade de Ouro Preto, importante patrimônio histórico, artístico e religioso, reconhecido pela Unesco como Patrimônio da Humanidade.

A Assembleia da OALA é um momento especial de oração, fraternidade, estudo, partilha e troca de experiências para as comunidades latino-americanas.

Clique AQUI  para ver a programação completa do evento.

Sobre a Associação

A OLA foi criada em 25 de abril de 1969, com o objetivo de incentivar a vida religiosa dos agostinianos da América Latina. Todo ano, os religiosos superiores responsáveis pela Ordem de seus respectivos países se reúnem para debater as demandas das comunidades, promovendo o desenvolvimento da Ordem através da unidade, ajuda mútua e serviços comuns. O encontro encoraja a troca de experiências entre os irmãos do continente latino-americano, de forma a promover uma consciência crítica e profética nas comunidades e seus integrantes.