Você está em:

Projetos da arquidiocese de BH ampara o público infantil

 

Semelhante às atividades da Pastoral da Criança, a Arquidiocese possui outros projetos que envolvem o público infantil, adolescentes e jovens. Desde 2001, o Vicariato Episcopal para a Ação Social e Política é parceiro do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para crianças até seis anos e suas famílias – a Casa do Brincar, vinculada ao Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte.

 

Trata-se de um espaço lúdico que possibilita às crianças e seus familiares o acesso a brinquedos, jogos, CDs e livros, além de uma diversidade de outros materiais. O projeto atende mensalmente a 240 crianças. O Oratório Festivo do Vicariato Episcopal para a Ação Social e Política tem o objetivo de desenvolver o protagonismo e autonomia de crianças e adolescentes entre seis e 14 anos em situação de vulnerabilidade social.

 

Além de projetos que envolvem adolescentes e jovens, a Arquidiocese possui também várias ações voltadas para o público infantil

 

As interações são pautadas em experiências lúdicas, culturais e esportivas, como forma de expressão, aprendizagem, sociabilidade e proteção social. O projeto inclui a participação de crianças e adolescentes portadores de necessidades especiais retirados do trabalho infantil ou submetidos a outras violações de caráter social. O projeto atende a 300 crianças anualmente e, de forma indireta, a 500 famílias.

 

Destinado a crianças e adolescentes entre sete e 14 anos e a jovens entre 15 a 23 anos, o projeto Construindo a Esperança do Vicariato Episcopal para a Ação Social e Política tem como objetivo a constituição de espaço de convivência social e a participação cidadã. Por meio de experiências lúdicas, culturais e esportivas o projeto consegue transformar a realidade desse público, combatendo a violência, a droga, a prostituição infantil e a desigualdade social e intelectual.