Você está em:

Projeto Providência participa de votação popular para ampliar os atendimentos

O projeto ‘Grafite – Arte que expressa, arte que transforma’, criado pelo Projeto Providência, da Arquidiocese de Belo Horizonte, está participando de uma chamada pública, com votação popular. Os projetos escolhidos receberão apoio para que possam continuar se desenvolvendo e beneficiando um número cada vez maior de pessoas.
 
O projeto ‘Grafite – Arte que expressa, arte que transforma’ ensina práticas e técnicas de grafite para jovens e adolescentes do Projeto Providência. Por meio da arte, orienta os jovens sobre a utilização do espaço público e incentiva a valorização da cultura local.

A chamada pública consiste em convidar instituições sem fins lucrativos e pessoas físicas a apresentarem projetos sociais transformadores na área de Educação, com foco em Cultura, Esporte e Meio Ambiente. Após todas as etapas do processo, inclusive da votação popular, os projetos selecionados e mais votados irão receber apoio para ampliar e melhorar suas atividades.

Para votar e ajudar o Projeto Providência, clique aqui.

 
O Projeto Providência recebe crianças, adolescentes e jovens entre 3 e 23 anos, há mais de 25 anos, em áreas de alto índice de exclusão social. Atualmente, o projeto tem três unidades: Vila Maria (na região de Sabará), Bairro Taquaril e Aglomerado da Serra.
 
O objetivo é oferecer um atendimento integral (físico, emocional, espiritual, profissional e político), envolvendo toda a família na construção de uma vida melhor para todos.
 
Nas unidades, as crianças, adolescentes e os jovens têm duas refeições diárias, apoio escolar, formação social, política, ambiental, religiosa e assistência odontológica. Participam de momentos de recreação, canto, teatro e de oficinas de arte e culinária, além de cursos profissionalizantes.