Você está em:

Projeto Providência: novos cursos e atividades para 2016

 

 
O Projeto Providência vai se tornar ainda mais completo no próximo ano. Crianças e adolescentes poderão frequentar aulas de capoeira, judô e balé, que já estão em fase implantação. A partir de 2016, o curso de circo e teatro será ampliado para todas as unidades do projeto – Fazendinha, Vila Maria e Taquaril. Outra novidade será a formação de orquestras com instrumentos de corda e sopro. Mas o maior desafio, segundo a diretora da obra, Fernanda Flaviana de Souza Martins, é acolher meninos e meninas que, ainda hoje, passam a maior parte do dia nas ruas.

São 800 crianças que frequentam as três unidades do projeto, no período em que não estão na escola. Além das atividades que estimulam a criatividade e a socialização, elas recebem reforço escolar.

 

Os profissionais que estão iniciando os trabalhos agora
têm a missão de
favorecer o direito das
crianças e adolescentes  à convivência familiar e comunitária,  buscando o fortalecimento dos vínculos familiares e a integração com a comunidade

O Projeto Dia a Dia Construindo a Cidadania –desenvolvido com patrocínio da Petrobrás —  é uma importante iniciativa que integra o Projeto Providência, incentivando a prática do esporte com orientação de profissionais especializados.  Os frequentadores poderão escolher entre handball, judô, xadrez, futsal – ao todo são dez modalidades – e se desenvolverem  conforme suas habilidades.  A equipe, formada também por profissionais da área ambiental, pretende contribuir com conhecimentos sobre a necessidade da preservação do meio ambiente, nesse esforço de construção da cidadania.

 

Nesse contexto de oferecer subsídios para uma educação integral, os profissionais que estão iniciando os trabalhos agora têm a missão de favorecer o direito das crianças e adolescentes  à convivência familiar e comunitária,  buscando o fortalecimento dos vínculos familiares e a integração com a comunidade.   Só assim, de acordo com Fernanda Martins,  será possível proteger e garantir o desenvolvimento saudável  das crianças em situação vulnerabilidade social.