Você está em:

Projeto propõe participação dos jovens na construção de políticas públicas

O Vicariato para Ação Social e Política da Arquidiocese de Belo Horizonte realiza importante trabalho junto aos estudantes das escolas públicas. Conhecida como “Tecnologia Social de Mobilização Infantojuvenil”, a iniciativa tem como objetivo preparar e incentivar os jovens a serem proativos na construção da cidadania.

Tecnicos do Vicariato visitam as escolas e fazem palestra para os alunos sobre as políticas públicas relacionas às áreas de educação, saúde, segurança e infraestrutura.  O primeiro passo é explicar que as políticas públicas são os serviços oferecidos pelo estado para atender as necessidades do cidadão. Depois, mostrar a importância do conhecimento para fiscalizar a aplicação correta das verbas destinadas à pública e conscientizar sobre a responsabilidade  do cidadão nesse processo.

A metologia utilizada incentiva os adolescentes a participarem com ideias e questionamentos. Assim, eles são instigados a pensar a política do ponto de vista de suas realidades. Aqueles que sobressaem são selecionados para participar de um workshop , na própria escola onde apresentam os problemas enfrentados por suas comunidades e sugerem o que pode ser feito no sentido de melhorar  a qualidade de vida da população.

Até o momento, cinco escolas foram visitadas e o objetivo é atingir mil estudantes
entre crianças e adolescentes de comunidades em situação de vulnerabilidade. Eles são indicados por serviços de assistência municipais ou estaduais, escolas públicas e Paróquias da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Eles pertencem, em sua maioria, a famílias de baixa-renda, em situação de risco e com grau de escolaridade entre o ensino fundamental e o  ensino médio incompleto.

Quando a meta de público das palestras – mil alunos – for atingida, todos os estudantes selecionados para os workshops serão convidados a apresentar suas ideias aos deputados em reunião especial na  Assembleia Legislativa de Minas, com o propósito de que as propostas construídas durante os workshops sejam transformadas em projetos de lei.