Você está em:

Pesquisa publicada na Revista Exame destaca a força das indicações do Papa Francisco sobre a Amazônia

Cerca de 90% dos católicos consideram as falas do Papa Francisco como principal referência sobre a situação do desmatamento da Amazônia. É o que mostra a pesquisa do Instituto Big Data, após ouvir 1502 católicos de todo o Brasil.

A pesquisa mostra que 7 em cada 10 católicos consideram pecado atacar a Amazônia. Para Igor Bastos, coordenador para países de língua portuguesa do Movimento Católico Global pelo Clima, o dado sobre o Papa pode ser visto como um indicativo de que a maioria da população católica apoia a posição de Francisco no que se refere à preocupação com a Amazônia.