Você está em:

Pelo Batismo viver a fé da Igreja invocando o Espírito Santo

Domingo, 11 de janeiro, Festa do Batismo do Senhor. O Papa Francisco batizou 33 crianças numa Missa celebrada na Capela Sistina.

Na sua homilia o Santo Padre sublinhou que na Primeira Leitura da liturgia deste domingo o Senhor preocupa-se como um pai e uma mãe com os seus filhos quando o Profeta Isaías nos diz: “Porque gastais dinheiro por aquilo que não é pão, o vosso ganho por aquilo que não sacia?” (Is. 55,2). A Palavra é o alimento de Deus para os seus filhos e o Santo Padre pediu que pais, padrinhos a avós ajudassem estas crianças a crescer dando-lhes a Palavra de Deus, o Evangelho de Jesus. Tal como o leite que é alimento para o corpo a Palavra de Deus é alimento para o Espírito – afirmou o Papa que recordou a pais e padrinhos que é na fé de cada um deles que estas crianças são batizadas. A fé da Igreja – sublinhou o Santo Padre:

“…é a fé da Igreja. Isto é muito importante. O Batismo insere-nos no Corpo da Igreja, no povo santo de Deus. E neste corpo, neste povo em caminho, a fé vem transmitida de geração em geração: é a fé da Igreja. É a fé de Maria, nossa Mãe, a fé de S. José, de S. Pedro, de Santo André, de S. João, a fé dos Apóstolos e dos Mártires, que chegou até nós através do Batismo. È muito belo isto! É um passar de mão em mão a vela da fé: vamos exprimi-lo daqui a pouco com o gesto de acender as velas do grande círio pascal. O grande círio representa Jesus Ressuscitado, vivo no meio de nós. Vós famílias, tomai d’Ele a luz da fé para transmitir aos vossos filhos. Esta luz tomai-a na Igreja, no corpo de Cristo, no povo de Deus que caminha em cada tempo e em cada lugar.”

O Papa Francisco referiu ainda que das leituras deste domingo emerge o facto de sermos consagrados pelo Espírito Santo. A palavra cristão significa consagrados como Jesus no mesmo Espírito. E para que as crianças cresçam consagradas no Espírito Santo, ou seja, no calor de Deus, na luz da sua Palavra não nos podemos esquecer de invocar o Espírito Santo:

“Podeis fazê-lo, por exemplo, com esta simples oração: “Vem Espírito Santo, enchei o coração dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor.”

O Papa Francisco terminou a sua homilia invocando o Espírito Santo juntamente com os pais e os padrinhos das crianças batizadas, exortando-os a sentirem sempre nas suas orações a presença de Nossa Senhora para que ela acompanhe o caminho das crianças e das suas famílias. (RS)

 

Rádio Vaticana