Você está em:

Paróquia Santo Antônio, da avenida do Contorno, celebra 80 anos de serviços à comunidade

 

A Paróquia Santo Antônio, situada na Avenida do Contorno, bairro Santo Antônio, celebra 80 anos de serviços à comunidade com muitas novidades, dentre elas, o trabalho conjunto das Obras Sociais e Comunitárias da Paróquia Santo Antônio (Oscopsia) e o Ateliê Psi – uma forma de parceria com a PUC Minas, que busca ampliar sua ação na comunidade. A necessidade de criar estratégias de integração das ações tradicionalmente realizadas pela Paróquia e os serviços que passaram a ser oferecidos pelo Ateliê, deu origem ao Projeto Oikos. Buscando aliar cultura e fé, as atividades propostas por esse projeto incluem palestras, rodas de conversa, eventos culturais e oficinas que buscam desenvolver a criatividade e o conhecimento.
 

O Trabalho dos voluntários garante o amparo aos mais pobres na comunidade

O Ateliê Psi passa a ocupar a antiga casa paroquial, oferecendo apoio espiritual e psicológico à comunidade. Estagiários dos cursos de Psicologia e Enfermagem realizam esse trabalho recebendo as pessoas na Paróquia ou visitando-as em suas casas. A partir das informações colhidas, os estudantes fazem os encaminhamentos necessários para serviços oferecidos pela PUC Minas ou para os serviços públicos.

Contribuindo para a saúde emocional e psicológica de seus frequentadores, o espaço de convivência “Coisas e Coisas de Santo Antônio” é uma importante iniciativa de socialização que passa a funcionar na garagem da casa paroquial. Um ambiente agradável, aberto a toda comunidade, em que as pessoas podem tomar um chazinho e, se desejarem, adquirir objetos doados pelos moradores da região. As atividades são mantidas por pequenas vendas, contribuições, doações e eventos, dentre eles, dois bazares anuais que se tornaram pontos de encontro de vizinhos e fiéis.

Toda essa nova perspectiva de apoio e interação com a comunidade fortalece a ação social da Paróquia Santo Antônio, que se iniciou a partir da criação da Creche Crianças de Santo Antônio, com o objetivo de acolher os filhos de mães que trabalhavam nas casas do bairro Santo Antônio e que permanece até hoje.

Além do trabalho pedagógico que beneficia crianças com até quatro anos de idade, também funcionam nas dependências no mesmo prédio onde se localiza a creche, os grupos Costura da Boa Vontade, de Artesanato e Alegria de Viver, que reúne pessoas da terceira idade.
 
 A missão de cuidar dos pequeninos

O projeto pedagógico da Creche Crianças de Santo Antônio não se limita ao aprendizado das crianças, mas visa à orientação e à formação continuada de funcionários e professores. Os educadores também procuram fazer um acompanhamento amplo e oferecer assistência individual, sempre que possível, como por exemplo, providenciar atendimento psicológico a familiares das crianças. O objetivo é criar, em suas casas, um ambiente de harmonia. A manutenção do prédio e a compra de equipamentos para a creche são custeadas pela Paróquia que realiza eventos como almoços e bazares beneficentes, além das doações que recebe da comunidade.

 


 

 

Amparados pela Providência

O Grupo de Costura Boa Vontade, fundado pelos próprios paroquianos, é um dos colaboradores da creche. Costureiras voluntárias confeccionam travesseiros,  fronhas e  ajudam no que é possível. A generosidade dessas senhoras ultrapassa os limites da Paróquia para ajudar outras instituições.

A equipe é formada por 20 senhoras que se realizam ao proporcionarem alguma alegria às crianças e suas famílias. O encontro com as amigas é outra recompensa que as integrantes do grupo recebem.  A solidão e o ócio passam longe dessa turma animada, que tem na Providência Divina sua maior companheira de jornada. Elas comemoram as doações peças de flanela, cortes de tecidos e aviamentos que cegam sempre nos momentos de maior necessidade. As atividades do dia encerram-se sempre com a leitura de um trecho do Evangelho e orações, alimentos para o espírito, além do cafezinho bem ao estilo mineiro.

Lugar de trabalho e convivência

O atendimento aos mais necessitados é reforçado pelo grupo de Artesanato, que se reúne na Paróquia Santo Antônio.  As integrantes fazem panos de prato, bordam, tecem croché e tricô usando toda criatividade para produzir objetos que são vendidos no bazar de final de ano.
 
 Algumas das integrantes das equipes de costura e artesanato não abrem mão de participar do Grupo da Terceira Idade Alegria de Viver. São em torno de 40 senhoras que se encontram todas as semanas para atividades como aulas de dança, desfile de moda, ginástica e palestras com temas de interesse do grupo.