Você está em:

Paróquia Santíssima Trindade: igreja e comunidade trabalham juntas em ações sociais e de evangelização, em Santa Luzia

A Paróquia Santíssima Trindade, em Santa Luzia, realiza um importante trabalho social e de evangelização junto à comunidade, que inclui desde ações voltadas para crianças e adolescentes ao cuidado especial com a inclusão social de adultos e idosos por meio da alfabetização.

A Creche Nossa Senhora da Paz, acolhe crianças de até seis anos de idade, do Palmital e bairros vizinhos. São meninos e meninas que recebem toda atenção necessária de um serviço que proporciona aos pais a tranquilidade de irem para o trabalho sabendo que os filhos estão sendo bem cuidados.
Enquanto as crianças dão os primeiros passos na vida escolar, as mães que permanecem na comunidade durante o dia têm a oportunidade de aprender algo novo nas oficinas de artesanato do Clube de Mães, criado nos moldes dos projetos de geração de renda que envolve, também, alunos da creche nas aulas e de artesanato. Em um bazar, toda a produção é comercializada e a renda revertida para a instituição.

No território da Paróquia funciona ainda o Projeto Tecer Redes, criado para atuar articulado com as iniciativas da Paróquia, reunindo 160 crianças, adolescentes e alguns adultos em aulas de informática, de violão, ballet e capoeira. Na Comunidade Nossa Senhora da Penha, no bairro Palmital B, o Grupo Mulheres Criativas produz artigos em tricô, crochê, bordado e outras técnicas de artesanato. Inicialmente criado pela Pastoral Carcerária com o objetivo de ajudar na superação da solidão e da depressão de mulheres que passavam o dia sozinhas, em suas casas, o Mulheres Criativas tornou-se um grupo de geração de trabalho e renda, que hoje atua nos moldes da economia solidária.

A inclusão digital é um importante serviço prestado à população. O telecentro, situado na Comunidade São José, bairro Nova Esperança, permite o acesso gratuito à internet. Nesse mesmo espaço, é ministrado curso de informática para cinco turmas, de segunda a quinta-feira. A paróquia ainda cede uma quadra poliesportiva para um programa social que incentiva a prática do futebol de salão por jovens e adolescentes. Um trabalho dinâmico que envolve dezenas de voluntários empenhados em tornar um pouco melhor a vida dos mais necessitados.