Você está em:

Paróquia Nossa Senhora da Divina Providência: participação dos fiéis na Pastoral do Dízimo

Agentes da Pastoral do Dízimo recepcionam fiéis.

Na Paróquia Nossa Senhora da Divina Providência, no bairro Ouro Preto, a Pastoral do Dízimo conta com uma coordenação paroquial e 30 agentes para desenvolver o trabalho em todas as cinco comunidades que fazem parte da Paróquia, com acompanhamento mensal, através de um encontro da equipe, todas as quartas-feiras, que antecede o segundo domingo do mês.

A Pastoral do Dízimo, para relacionar-se com mais frequência com os dizimistas, coloca em prática algumas ações:

Mensalmente é enviada, para os dizimistas cadastrados e identificados que contribuem via boleto bancário, uma mensagem do pároco cujo conteúdo é formativo e informativo. A mesma mensagem é lida para todos nas celebrações do segundo domingo. Os dizimistas aniversariantes do mês são convidados para celebrar a vida, junto à comunidade, na celebração da última segunda-feira do mês momento em que há o sorteio de um presente. No segundo domingo, a Pastoral do Dízimo oferece um cafezinho para todos os participantes das celebrações e, nas datas festivas, a Pastoral do Dízimo atua junto à comunidade com saudações através de faixas e cartazes.

A equipe percebe que os fieis ainda precisam de mais informações sobre a importância do dízimo, por isso o trabalho de conscientização já teve início, o mais recente foi com os novos casais do Encontro de Casais com Cristo (ECC) e seguirá pelas demais pastorais, pois há um entendimento de que a conscientização precisa acontecer também com as pessoas envolvidas nas atividades pastorais.

Segundo Paulo Neves, coordenador paroquial da Pastoral do Dízimo, o dízimo contribui com 69% das entradas. A paróquia faz

Dom Edson promove formação para a Pastoral do Dízimo na Paróquia.

a aplicação do dízimo nas três dimensões: religiosa, missionária e social.

Os agentes são motivados e comprometidos, ajustam a agenda de modo a realizar todas as ações planejadas. É o caso do Ronaldo de Freitas, agente atuante na Matriz. Ronaldo conta que já tinha vontade de participar dos movimentos pastorais e por ocasião do convite para atuar na Pastoral do Dízimo aceitou prontamente. Ele afirma que já era dizimista, inspirado pelas leituras bíblicas, mas quando teve acesso a mais informações sobre a importância do dízimo e sua aplicação, sentiu-se agraciado por contribuir com tantas ações, pela atitude de ser um dizimista. Segundo ele, substituiu alguns momentos de lazer com os amigos para assumir os compromissos com a pastoral pois entende que, para dedicar-se às coisas de Deus, tempo não é dificuldade.

O pároco, Pe. Erli Lopes Cardoso, consciente da necessidade de formação sobre o dízimo, promoveu palestra, realizada por dom Edson Oriolo, para todas as lideranças pastorais.