Você está em:

Papa Francisco: gestos que apontam para Cristo

 

No mês de março celebramos os três anos do pontificado de Francisco: o Papa do Evangelho da Alegria, que pede que a Igreja esteja em movimento, “em saída”, missionária.  Durante esse tempo, o Papa aproximou-se de todos, sobretudo, como Jesus, buscou as pessoas machucadas, os excluídos e os acolheu, amou, consolou, misericordiosamente. No domingo de ramos, durante a ordenação de dois bispos, dizia-lhes para olhar os fiéis nos olhos e, assim, enxergar-lhes o coração, que o ministério episcopal é serviço ao povo sofredor. À sociedade, Francisco denuncia continuamente a violação dos direitos humanos, o descaso com os migrantes, o perigo do consumismo, que mata a vida, a nossa casa comum… Pede-nos cuidado. Cuidado com a vida ameaçada: o pobre, o planeta.

Conhecer melhor o pensamento desse pastor, profeta e pai ajuda-nos a buscar também a centralidade de Jesus Cristo em nossas vidas e caminhar na unidade eclesial, construindo “novos céus e nova terra” aqui, agora, pois enquanto o mundo se arma mais e mais, ele aponta caminhos para a unidade, o diálogo, a paz.

Nosso Observatório apresenta a você, neste tempo litúrgico repleto de reflexões, uma inspiração: O Papa Francisco. CLIQUE AQUI, para conhecer esse nosso trabalho.