Você está em:

Panamá será sede da próxima JMJ, em 2019

O Papa Francisco anunciou neste domingo, 31 de julho,  que o Panamá será a sede da próxima Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em 2019.  O anúncio foi feito na oração do Angelus, após a Missa de envio que contou com a participação de quase dois milhões de jovens, no encerramento da 31ª JMJ, na Polônia.
 
“A providência de Deus sempre nos precede. Pensai que já decidiu qual será a próxima etapa desta grande peregrinação iniciada por São João Paulo II em 1985. E por isso anuncio com alegria que a próxima Jornada Mundial da Juventude será em 2019 no Panamá”, disse no anúncio oficial.
 
O anúncio foi saudado por uma delegação de jovens panamenhos que estavam junto ao altar, com bandeiras do país, para assinalar o momento. O presidente do Panamá, Juan Carlos Varela, o arcebispo José Domingo Ulloa e o cardeal José Luis Lacunza, também celebraram o momento. Juan Carlos Varela havia afirmado que o país “está de portas abertas para receber os milhares de jovens que viriam ao evento caso assim decidisse o Vaticano”.
 
O Panamá é o país com maior percentagem de católicos na América Central: os cerca de 2,6 milhões de batizados representam 80% da população; a Igreja Católica está organizada, territorialmente, nesta nação, em oito dioceses.