Você está em:

Padre Mauro Luiz da Silva participa de debate sobre teologia

A Igreja das Santas Pretas, ligada ao Museu dos Quilombos e Favelas Urbanos (Muquifu), na Favela do Papagaio, chamou a atenção de um grupo de pesquisadores do Centro Universitário Izabela Hendrix. No templo, todas as imagens e pinturas representam pessoas negras. Professores da Instituição convidaram o padre Mauro Luiz da Silva, curador do Muquifu, para participar de um momento de reflexão no dia 10 de agosto, às 19h30, no Centro Universitário Izabela Hendrix. Neste encontro, o sacerdote, entre outros temas, vai falar sobre a história da Igreja, que narra, à luz da fé, e a partir de imagens, a trajetória de dificuldades e de superação da população negra que vive nas periferias.

Para os pesquisadores, a Igreja das Santas Pretas pode contribuir para o aprofundamento de uma perspectiva teológica que nasceu nos EUA, a partir do trabalho de cristãos negros. A chamada teologia negra inspira-se na conquista da liberdade dos escravos que fugiram do Egito.

 

Mais informações pelo telefone: (31) 98798 7516