Você está em:

Núncio destaca papel da Catedral na missão evangelizadora da Igreja

Dom Walmor  e o Núncio, dom Giovanni D’Aniello, em visita à Rede Catedral

O Núncio Apostólico no Brasil, dom Giovanni D’Aniello, está em Belo Horizonte onde celebra, neste domingo, com o Arcebispo Metropolitano dom Walmor Oliveira de Azevedo, a Missa que marca o início das obras da Catedral Cristo Rei.  Uma data histórica não só para a população da Capital e para Minas Gerais, mas para toda a Igreja, conforme destacou o Núncio, ao ser recebido pelo Arcebispo, nessa sexta-feira, em visita à Rede Catedral de Comunicação Católica. 

  

Dom Giovanni D’Aniello disse que a catedral é um lugar onde se pode estar para rezar mas também que  manifesta a comunhão e a unidade de uma  comunidade com Cristo, com Deus. “A importância desse templo que será construído é ser, verdadeiramente,  a expressão visível  da comunhão dos católicos  com as comunidades religiosas e com os sacerdotes”.

 

A catedral, segundo o Núncio Apostólico,   é também um símbolo. “Cada pessoa deveria ser uma catedral com pedras vivas. E cada um de nós, uma pedra dessa nova construção, porque a catedral que está em nosso interior deve se espalhar também. É preciso levá-la aos lugares onde a gente vive”, afirmou.

 

Dom Walmor salientou a importância de receber dom Giovanni D’Aniello na Rede Catedral de Comunicação Católica, confirmando, com suas palavras e seu apoio, o caminho de aposta na comunicação católica. “Uma presença que nos chama cada vez mais a congregar esforços com tantos que nos ajudam, com a oração e com a campanha Faço Parte, a manter todo esse nosso trabalho de evangelização , por meio de seus veículos – Rádio América e TV Horizonte” disse  .

O Arcebispo ressaltou a participação de dom Giovanni  na celebração de início das obras da Catedral Cristo Rei, lembrando que ao longo de todo o dia haverá adoração Eucarística, começando com a Celebração da Eucaristia, seguida da oração do Terço da Divina Misericórdia.  Ao mesmo tempo  acontecerão manisfestações culturais e artísticas, de cuidado social e com a vida. “

 

Dom Giovanni D’Agnello concede entrevista à Rádio América

“Teremos uma grande festa da família, a  exemplo do que será a  Catedral Cristo Rei:  lugar das nossas famílias, da família de Deus, da solidariedade e do serviço”, disse.

 

Dom Walmor  estendeu a todos o convite  para estarem em comunhão neste  Domingo da Misericórdia e participarem  de importantes momentos qude espiritualidade e lazer no terreno da Catedral.

 

“Convido  a todos a comparecerem e, sobretudo, a  congregarem esforços em torno dessa obra, do modo como estamos pedindo ao Senhor Deus: Concedei-nos senhor a dádiva de construir a Catedral Cristo Rei com a comunhão e o apoio efetivo de todos,  para servirmos mais, e sempre melhor, na verdade e na justiça”.

 

O Arcebispo lembrou ainda o quanto a Igreja precisa de cada fiel para realizar  suas obras e, no que se refere à Catedral,  poder prestar os serviços  de cunho social,  anunciando o Evangelho de Jesus Cristo.

 

O Núncio Apostólico está conhecendo as instituições da  Arquidiocese, expressando grande alegria pelo acolhimento recebido. Na PUC Minas, ele foi recepcionado por dom Walmor e pelo reitor e bispo-auxiliar  dom Joaquim Giovanni Mol, quando destacou não só o tamanho que confere à instituição o título de maior Universidade Católica do mundo, mas também a qualidade de seus Cursos.  Ele conheceu obras sociais mantidas por entidades da Arquidiocese e, às 20h, participará de Celebração Eucarística na Paróquia Cristo Rei, em Vespasiano, REgião Episcopal Nossa Senhora da Conceição.

 

Dom Giovanni D’Aniello, entre dom Walmor e dom Joaquim Mol, no Campus Coração Eucarístico da PUC MInas

 

Uma série de visitas está prevista para os próximos dias:

 

6 de abril – Sábado

8h30 – Encontro com Governador do Estado de Minas
10h – Obra social Projeto Vila Fátima
11h45 – Momento orante na Abadia das Monjas Beneditinas
16h – Hospital Nossa Senhora de Lourdes, em Nova Lima
17h – Cúria Regional Aparecida
19h – Celebração Eucarística na Paróquia Cristo Redentor, Barreiro – Região Episcopal Nossa Senhora Aparecida

7 de abril – Domingo da Misericórdia
 
8h – Celebração Eucarística pelo início das obras no terreno da  Catedral Cristo Rei
11h – Celebração Eucarística na Igreja Nova das Romarias – Santuário Nossa Senhora da Piedade (Rensp)
15h – Visita à Igreja Barroca Nossa Senhora do Bonsucesso

O Núncio Apostólico para o Brasil foi escolhido em fevereiro de 2012 pelo Papa Bento XVI, sucedendo a dom Lorenzo Baldisseri. Dom Giovanni D’Aniello foi Núncio da Tailândia e Camboja e delegado apostólico em Myanmar e Laos.

Dom Giovanni D’Aniello tem 58 anos, nasceu em Aversa (Itália). Foi ordenado sacerdote em dezembro de 1978. É doutor em Direito Canônico. Ingressou no Serviço Diplomático da Santa Sé em 1983, tendo desempenhado a sua atividade junto às Representações Pontifícias do Burundi, Tailândia, Líbano, Brasil e Seção para as Relações com os Estados da Secretaria de Estado, no Vaticano. Em 2001, foi nomeado núncio apostólico na República Democrática do Congo e, em 2010, foi transferido para a Tailândia e Camboja.