Você está em:

Novos padres para o Santuário Arquidiocesano Santo Antônio de Roça Grande

 
O bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, dom João Justino de Medeiros Silva, presidiu Celebração Eucarística na noite desta terça-feira, dia 2, no Santuário Arquidiocesano Santo Antônio de Roça Grande, em Sabará. A celebração marcou o início do ministério pastoral do vigário da Região Episcopal Nossa Senhora da Piedade (Rensp), padre José Marcilon Silva, como pároco,  e dos padres André Lage de Alvarenga e José Emídio de Souza,  como vigários paroquiais. 
 
 
Em sua homilia, dom João Justino refletiu sobre o Tempo do Advento como importante momento de preparação para o Natal. O bispo auxiliar lembrou que, com a chegada do Salvador, se instaura nova ordem e novo tempo, e que a paz exige a colaboração, a participação de todos. “Deus tudo pode renovar e é  Ele que renova a vida de cada um de nós”, lembrou dom João. O bispo também destacou as iniciativas realizadas no Santuário ao longo do ano e convidou os fiéis para continuarem a participar das próximas atividades em prol do Santuário. 
 
 
O  Santuário Santo Antônio de Roça Grande teve início em 1676, quando o Bandeirante Borba Gato chegou à região de Sabará, trazendo a devoção a Santo Antônio de Pádua. No início do século 18, a capela foi elevada a paróquia. Atendendo a pedidos de toda Arquidiocese de Belo Horizonte, em 1998, Santo Antônio de Roça Grande tornou-se Santuário Arquidiocesano.