Você está em:

Nota de esclarecimento: reportagens sobre padre que visitou CT do Atlético

Esclarecemos que o senhor Jeferson Moreira, retratado em reportagens nesta quinta e sexta-feira como sacerdote, não é padre da Igreja Católica liderada pelo Papa Francisco.

Com certa frequência, pessoas utilizam símbolos, sinais, vestes ou nomenclatura que se assemelham aos da Igreja Católica vinculada ao Vaticano e ao Papa. Isso contribui para gerar confusão. Por isso, alertamos que a celebração de sacramentos e outros atos religiosos praticados por pessoas que não estejam em comunhão com a Igreja Católica sob o pontificado do Papa Francisco não têm efeito sacramental ou canônico. Desta forma, não são, sob nenhuma condição, reconhecidos pela Arquidiocese de Belo Horizonte ou por outras arquidioceses e dioceses vinculadas ao Vaticano.

Importante dizer ainda que o templo citado nas reportagens, no qual o senhor Jeferson Moreira estaria vinculado, não é reconhecido como paróquia da Igreja Católica vinculada ao Papa Francisco. Por isso mesmo, os ritos religiosos ali conduzidos não são reconhecidos pelo Vaticano.