Você está em:

Natal: dom Mol celebra Missa com a comunidade da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

 

As comunidades de fé da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, bairro João Pinheiro, Região Noroeste de Belo Horizonte, se reuniram nesta quarta-feira, dia 24, para participar da Missa presidida pelo bispo auxiliar dom Joaquim Mol, concelebrada pelo pároco, frei Leandro Alcides Pereira, e religiosos da Ordem dos Carmelitas Descalços. Os fiéis, que deixaram a igreja repleta, se emocionaram quando o frei Leandro levou a singela imagem do menino Jesus até o presépio, logo no início da Celebração Eucarística.

 

Inspirado na Liturgia da Palavra, dom Joaquim Mol apresentou uma questão à assembleia: “Vocês conseguem imaginar o mundo sem a luz?” Em seguida, o próprio Bispo respondeu que sem a luz, “nenhum ser vivo é capaz de se desenvolver”. Dom Mol explicou que, no mundo, há uma força que insiste em apagar a luz que ilumina o caminho da humanidade. “O pecado é a escuridão. Ele se manifesta nas diversas formas de corrupção, na injustiça e em outros males que escurecem a Terra”. Mas, conforme argumenta o Bispo, o profeta Isaías anunciou a chegada da Luz, capaz de livrar o homem de todo o pecado: “O povo que andava na escuridão viu uma grande luz; para os que habitavam nas sombras da morte, uma luz resplandeceu”, revela o Profeta citado por dom Mol.

 

Ensina o Bispo que com a chegada do Menino Jesus, “o povo que estava morrendo, passou a viver, que não acreditava, passou a acreditar, que não tinha esperança, a esperar”. Dom Mol alertou que sem Jesus, tudo fica escuro e, por isso, cada pessoa deve abrir-se à Luz. Neste caminho, o Bispo fez um alerta: “Quem segue Jesus Cristo deve ser um reflexo natural, ser um pouco de luz para os outros. Só faz sentido ser cristão se formos para os outros um pouco de luz”.

 

Dom Mol foi aplaudido ao concluir sua homilia com a leitura da Mensagem de Natal do Papa Francisco. Antes da bênção final, o frei Leandro agradeceu a presença do Bispo e de toda a comunidade, desejando-lhes “um feliz e santo Natal”. “A Luz, que é Jesus, ilumine a vida de cada um de vocês”, disse o sacerdote.

VEJA TAMBÉM