Você está em:

Movimento Católico pelo Clima: CNBB participa de mobilização

 
No fim de novembro os líderes mundiais se reunirão durante a Conferência do Clima em Paris (COP21) para assinar um acordo internacional de combate às mudanças climáticas. O Movimento Católico Global pelo Clima, coalização internacional constituída por leigos e leigas, religiosos e religiosas, clérigos, teólogos, cientistas e ativistas de todo o mundo, propõe uma Petição Católica pelo Clima, que deverá ser entregue aos líderes mundiais que ser reunirão na França. Uma iniciativa mundial em favor da renovação da relação das atuais e futuras gerações com o planeta, a “casa comum”.
 
A inspiração está no conceito de Ecologia Integral abordado na encíclica do papa Francisco, Laudato Si’, e tem o objetivo de motivar o debate sobre as mudanças climáticas.
 
A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) iniciou, no mês de setembro, o apoio à Petição Católica pelo Clima. Em carta, a Conferência recorda seu engajamento histórico “na luta em defesa dos mais pobres”. A CNBB “exorta as pessoas católicas e todas as de boa vontade a assinarem esta importante petição, pensando no cuidado e proteção da natureza, presente de Deus à humanidade”, diz o texto.
Pedidos
Três itens compõem a Petição Católica pelo Clima, que será entregue aos líderes mundiais que estarão reunidos, em Paris, na França, para a 21ª Conferência do Clima das Nações Unidas (COP21). O primeiro refere-se à inclusão da dimensão ética e moral no debate sobre o clima. O segundo ponto pede a redução drástica das emissões de carbono na natureza. Por fim, o movimento recomenda a ajuda aos países pobres no enfrentamento dos impactos causados pelas mudanças climáticas.
 
Caritas
A petição foi apresentada ao papa Francisco pelo arcebispo de Manila, nas Filipinas, e presidente da CaritasInternacionalis, cardeal Luis Antonio Tagle, em janeiro deste ano, por ocasião da visita papal ao país.
 
Para saber mais e participar da iniciativa, acesse o site: catholicclimatemovement.global/pt