Você está em:

Momento de oração e comunhão com a comunidade síria

Em comunhão com a comunidade síria de Belo Horizonte, dom Walmor presidiu momento de oração na Paróquia Sagrado Coração de Jesus, no bairro Funcionários, igreja dedicada ao rito Siríaco Católico. Na oportunidade, também foi realizado momento de escuta e partilha com o grupo de imigrantes sírios acolhidos pela Arquidiocese de Belo Horizonte com a ajuda da campanha “Juntos pela Síria”. Os imigrantes partilharam os desafios enfrentados na adaptação ao Brasil e agradeceram pela acolhida.
 
“Recebemos povos de outras culturas com muita solidariedade, está é uma característica do brasileiro. É muito difícil para todos eles deixar o seu lugar, o seu país, em condições desfavoráveis. Mas, embora seja desafiador, aqui todos têm a possibilidade de construir uma vida digna e adequada. Esta é também a oportunidade de praticarmos o mais importante remédio, que é a solidariedade” afirmou o Arcebispo. 
 
O padre George Rateb, pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, agradeceu a presença de dom Walmor na Paróquia e lembrou que a campanha “Juntos pela Síria” completa quatro anos de apoio ao povo sírio “começamos, por iniciativa de dom Walmor, a ajudar o povo que sofria na Síria, hoje, ajudamos 112 pessoas que migraram para o Brasil em busca da paz” disse o padre.
 
Aulas de Português
Um dos problemas enfrentados pelos imigrantes, o aprendizado da língua portuguesa, está sendo superado com o apoio do Colégio Santa Maria, o Colégio da Arquidiocese de Belo Horizonte, que está oferecendo aulas de português na Paróquia Sagrado Coração de Jesus. “Foi construído um projeto pedagógico específico. Além da língua, estamos transmitindo aspectos importantes da cultura brasileira e mineira. Também estamos levando grupos, principalmente as mães das famílias, para aulas em farmácias, supermercados e lojas, para que elas possam vivenciar o idioma e aprender a linguagem que será utilizada diariamente. Este é um trabalho muito gratificante, que deixa a nós, professores, muito felizes” disse a professora Maria Helena Menezes de Carvalho, assessora pedagógica da Diretoria Geral do Colégio Santa Maria.

Durante o momento de partilha, a comunidade homenageou dom Walmor, as professoras do Colégio Santa Maria, profissionais do Vicariato Episcopal para a Ação Social e Política da Arquidiocese de Belo Horizonte e paroquianos que ajudam na acolhida dos imigrantes.