Você está em:

Meios de Comunicação Católicos do Brasil terão representação única

No próximo dia 30 de novembro tem início em Curitiba (PR) a 12ª Assembleia da Associação Católica para o Rádio e a Televisão do Brasil (UNDA-Brasil). O evento terá caráter histórico e extraordinário este ano porque será criada, na ocasião, a SIGNIS-Br (Associação Católica para a Comunicação no Brasil).

Com esta sigla, que já existe no mundo desde 2001, quando houve a fusão da UNDA e da Organização Católica Internacional do Cinema e Audiovisual (OCIC), pretende-se reunir os vários segmentos da comunicação (rádio, televisão, impresso, internet e outros) em uma única estrutura.

“Com a criação da SIGNIS-Br os vários segmentos da comunicação serão organizados em departamentos onde cada segmento terá uma coordenação indicada pelas bases e nomeado pela diretoria”, explicou o presidente da UNDA-Br, irmão Lauro Pazeto, em entrevista à Revista Católica Integração. Ele garantiu que a nova estrutura será um elo entre os vários meios de comunicação. “Com a nova estrutura, a UNDA como associação de radiodifusão católica irá ampliar a sua abrangência incorporando outros segmentos além do rádio”.

A criação da SIGNIS-Br está sendo discutida há algum tempo pela Equipe de Reflexão do Setor Comunicação da CNBB e foi tratado também, na Assembleia da UNDA-Br, em novembro de 2007, que aconteceu em Curitiba, com o tema “Identidade e formas de participação”.

A nova estrutura

Ligada ao Pontifício Conselho para as Comunicações, a SIGNIS mundial conta com parceiros em 130 países e representa a mídia católica em várias organizações e instituições governamentais e não-governamentais. O Congresso Mundial da entidade aconteceu ano passado, em Chiang Mai, na Tailândia com o tema “Mídia para uma cultura de paz: direitos das crianças, promessa do amanhã”. O encontro teve representação brasileira.

Para o arcebispo do Rio de Janeiro e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Educação, Cultura e Comunicação Social da CNBB, dom Orani João Tempesta, a fusão da representação de todos os meios de comunicação católicos do Brasil na SIGNIS vai possibilitar a maior articulação e interação dos meios de comunicação católicos do país.

“A SIGNIS-Br será uma entidade de ligação que representará a comunicação em todos os sentidos no Brasil, ao mesmo tempo em que terá sua liberdade de ação e organização. A CNBB com sua presença vai estar junto e dar suas sugestões e escutar as reivindicações”, disse dom Orani.

Junto com a 12ª Assembleia da UNDA acontece paralelamente a 6ª Assembleia da Rede Católica de Rádio (RCR). Participam das duas assembleias o conselho deliberativo da RCR e as pessoas habilitadas a representar as emissoras associadas à UNDA-Br.