Você está em:

Juventude da Rensa se prepara dois grandes eventos: o DNJ e o Hallel

Lideranças pastorais e de movimentos juvenis da Região Episcopal Nossa Senhora Aparecida (Rensa), participaram de reunião na tarde do sábado, 27, em Contagem, para aproximar os grupos nas diversas foranias e inserir os jovens na preparação dos eventos Hallel Betim e Dia Nacional da Juventude.

O Dia Nacional da Juventude em nível regional será celebrado junto com o Hallel Betim, dia 13 de novembro, no Parque de Exposições David Gonçalves Lara, de 8h às 18h. A programação contará com shows, pregações e celebrações durante todo o dia. O evento seguirá os moldes do Hallel que é realizado em diversos estados do Brasil e em outros sete países.

Cerca de vinte pessoas participaram da agenda representando diferentes paróquias da região, entre elas Cristo Redentor (forania São Paulo da Cruz), São Francisco de Assis (forania Nossa Senhora do Carmo), Jesus Missionário (forania Cristo, Luz dos Povos), Nossa Senhora do Sagrado Coração (forania Nossa Senhora do Sagrado Coração) e Nossa Senhora da Conceição (forania Nossa Senhora da Glória).

O encontro foi conduzido pelo coordenador da Pastoral da Juventude na Rensa, Jefferson de Oliveira, e também teve participação do vigário episcopal, padre Jerzy Wydrych, que animou os jovens a prosseguirem com ânimo e coragem na preparação para a atividade.

As lideranças voltarão a se encontrar para dar seguimento aos preparativos para o Hallel e DNJ da Rensa no dia 17 de setembro. As paróquias que não enviaram representantes podem participar dos próximos encontros.

Hallel

Hallel é uma palavra de origem aramaica que significa “cântico de louvor a Deus”. Atualmente o Hallel é o maior evento de música católica da América Latina e sua trajetória teve início em 1988, em Franca, São Paulo.

No Brasil, o Hallel acontece em 16 cidades, incluindo Florianópolis (SC), João Pessoa (PB), Fortaleza (CE) e Brasília (DF). O evento também acontece nos Estados Unidos, México, Peru, Colômbia e três outros países fora do Brasil.

Em todos os locais, uma equipe de Franca é responsável por preparar os coordenadores do evento para que a atividade esteja em unidade nas diversas localidades que acontecem. A equipe da Rensa recebeu formação em junho deste ano. Novas formações com a equipe de São Paulo serão feitas até a realização do encontro.

VEJA TAMBÉM