Você está em:

Rensa: Jovens se reúnem durante o 2º Hallel, em Betim

A Arquidiocese de Belo Horizonte recebeu, pela segunda vez, o evento de música e evangelização Hallel, realizado pela Região Episcopal Nossa Senhora Aparecida (Rensa), neste domingo, 6 de agosto, no Parque de Exposições de Betim.  Durante todo dia, jovens participaram de oficinas sobre pastorais e movimentos, atendimentos de Confissões, Adorações ao Santíssimo Sacramento e apresentações artísticas. O encontro teve como tema “E a força do Altíssimo te envolverá com a Sua sombra” Lc 1,35.

Antes mesmo de iniciar a programação no Parque de Exposições, participantes do Hallel percorreram, em carreata, as ruas da cidade de Betim com a Imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida. Um convite especial para que toda a comunidade pudesse também participar do Hallel,

A Missa que marcou a abertura do Hallel Betim foi presidida pelo vigário episcopal da Região Episcopal Nossa Senhora Aparecida, padre Jorge Wydrych. O sacerdote fez uma reflexão sobre o compromisso que deve ser assumido por cada pessoa, dentro de seu chamado vocacional. “Somos convidados não somente a contemplar a face luminosa do Mestre, mas, principalmente ouvir Sua voz e seguir Seus passos; celebremos com a alegria a Santa Eucaristia neste 2º Hallel e, juntamente com todos, comemoramos a vocação para o ministério ordenado, que somos convidados refletir nesta primeira semana de agosto, mês vocacional”, disse padre Jorge.

Após a Missa foi iniciada a programação dos módulos, com momentos de oração, oficinas, shows e brincadeiras. Paralelamente às atividades nas tendas, o Palco Central recebeu shows das bandas Pequeninos do Senhor, Nome Santo, Tribo Maranata, Trilhos do Céu e Ministério Consagração. O grupo de teatro da Comunidade Shalom também se apresentou no Hallel, com o espetáculo O Canto das Írias.

Dom Otacílio Lacerda, bispo referencial da Rensa, presidiu a celebração de encerramento. O bispo, durante sua homilia, refletiu sobre o exemplo do Monte Tabor. Para Dom Otacílio, espaços de oração promovem o encontro pessoal com Cristo e impulsiona ao testemunho de fé. “O Hallel é um revigoramento para que, após ter um encontro com Cristo transfigurado, possamos testemunhá-lo. Essa experiência  nos ajuda a ser no mundo exemplo de fé, amor e humildade”, disse o bispo.

VEJA TAMBÉM