Você está em:

Igreja e ADCE defendem prática empresarial com valores cristãos

 

Sérgio Cavalieri, presidente da ADCE Brasil, destaca a importância da responsabilidade social.

A Associação de Dirigentes Cristãos de Empresa (ADCE) realiza seu 39º Encontro de Reflexão no próximo sábado, 28 de setembro, na Paróquia Nossa Senhora Rainha, bairro Belvedere. O evento contará com palestras, grupos de reflexão e momentos de espiritualidade. O tema central é “Construindo empresas com valores”.

Entre os palestrantes do 39º Encontro de Reflexão da ADCE estão o bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, dom João Justino de Medeiros Silva, o ex-ministro e professor da PUC Minas, Patrus Ananias, e o presidente da ADCE Brasil, Sérgio Cavalieri. Os participantes terão a oportunidade de aprofundar o conhecimento sobre a importância da fé e da espiritualidade nos negócios. Poderão também conhecer mais sobre o Projeto CNBB – ADCE Empresa com Valores, que será tema de palestra do diretor-executivo da ADCE, Lúcio Machado. Este Projeto, apresentado no mês passado, busca levar aos empresários de todo o país os conceitos básicos da Doutrina Social Cristã.

Empresa com Valores

Segundo o presidente da ADCE Brasil, Sérgio Cavalieri, o projeto é consequência de nove encontros anuais de diálogo entre bispos e empresários realizados até 2012. Este ano, no 10º encontro, a ideia foi amplamente discutida após o lançamento em solenidade no plenário da Fecomércio em São Paulo. O evento teve a presença de representantes da Igreja Católica, de diretores e associados da ADCE, professores, assessores da Comissão Pastoral da CNBB para a Cultura e Educação e da Comissão para o Laicato, de empresários e consultores que trabalharam na elaboração do Projeto.
 

A iniciativa é considerada ambiciosa pelo próprio presidente da ADCE, pois a meta é atingir todo o país, por meio de suas 8 mil paróquias, com ações que busquem transformar a cultura do empresariado, desde o pequeno  comerciante, estabelecido nas cidades do interior, até os grandes empreendedores.  Sérgio Cavalieri considera fundamental fazer com que o empreendedor compreenda o que é responsabilidade social e os benefícios que ela traz.
 

A condução dos negócios com base nos valores cristãos e tendo como foco o ser humano torna a empresa sustentável e mais protegida de insucessos

“Queremos demonstrar, com a ajuda da Igreja, que a condução ética dos negócios com base nos valores cristãos e tendo como foco o ser humano, torna a empresa sustentável e mais protegida de insucessos. Partimos do princípio de que o empresário que cumpre as obrigações legais evita colocar seu patrimônio em risco diante da atuação dos órgãos de fiscalização do governo e de defesa do consumidor. Precisamos substituir a cultura do “jeitinho brasileiro” e “de levar vantagem em tudo” pela conduta leal com o concorrente, os fornecedores, com os clientes e funcionários. O resultado disso será um ambiente de mercado favorável com aumento nas vendas e melhor produtividade”, explica Cavalieri.

 

A ADCE, de acordo com Cavalieri, entende que no mundo atual, com a capilaridade e globalização da informação, ninguém consegue esconder dos homens os próprios erros durante muito tempo e que também, em algum momento, terá que prestar contas a Deus sobre o tratamento dado àqueles com os quais se relaciona.

 

“Pretendemos, primeiro, conversar com empresários que tenham ligação com a Igreja, mostrando que essas mudanças devem começa por eles. O primeiro passo é deixar de viver uma vida dividida, ou seja: no fim de semana frequenta-se a igreja, segue-se a Bíblia, mas no dia a dia tomam-se decisões exclusivamente com referenciais de mercado e do lucro. Cometem deslizes e até se esquecem que estão lidando com pessoas”, ressalta o presidente da ADCE. Lembrando que para essa formação surtir efeito,  demanda tempo e o trabalho  que considere as  três dimensões do ser humano: corpo, mente e espírito.

 

Contruindo uma nova cultura de mercado
 

O Projeto de Responsabilidade Empresas com Valores está em fase de divulgação para bispos e padres que irão convidar empresários de suas paróquias e dioceses a constituírem grupos capazes de divulgá-lo, atuando como agentes multiplicadores. Os representantes da Igreja, em todo o país, receberão uma carta de apresentação e o livro “A vocação do líder empresarial” editado pelo Conselho Pontifício de Justiça e Paz. A  publicação mostra  que o respeito aos valores cristãos, como o respeito ao meio ambiente e ao ser humano de um modo geral,  abre portas para sucesso. Eles também receberão um DVD com 21 depoimentos de empresários, bispos e consultores, incentivando a transformação ética por meio dos exemplos dos depoentes.
 

Os grupos terão acesso, pela internet, a vasto material destinado a estudos e discussões, a começar por um protocolo com pontos de reflexão sobre as ações do próprio empresário e de sua empresa. A expectativa, segundo Sérgio Cavalieri, é que eles constituam uma rede de partilha coordenada, on line, pela ADCE.  O objetivo é a troca de experiências sobre a própria realidade e os temas propostos.

 

A condução dos trabalhos , segundo Cavalieri, está sob responsabilidade da Comissão para a Cultura e Educação da CNBB, presidida pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, dom Joaquim Mol,  em parceria com a Comissão do Laicato.

 

Sérgio Cavalieri afirma que a Igreja é fundamental para que este projeto chegue com a necessária força de transformação aos municípios brasileiros, viabilizando um trabalho realizado durante 80 anos pela ADCE.

 

Programação do 39º Encontro de Reflexão da ADCE

 

Oportunidade singular para conhecer mais sobre o Projeto CNBB – ADCE Empresa com Valores, o 39º Encontro de Reflexão da ADCE reunirá importantes lideranças empresariais na igreja Nossa Senhora Rainha (Rua Modesto Carvalho de Araújo, 227, Belvedere), das 7h30 às 18h. Inscrições e confirmação de presença no telefone (31)3281-0710 ou (31)8605-8616. Veja a programação: