Você está em:

Grupo de jovens faz grafitagem no terreno da Catedral Cristo Rei

Será exibido em pontos importantes de Belo Horizonte um filme de animação que mostra o trabalho desenvolvido por estudantes de Design de duas universidades da Capital. Eles grafitaram os tapumes que cercam a obra da Catedral Cristo Rei, na Av. Cristiano Machado, altura do bairro Juliana, Região Norte de Belo Horizonte. Os artistas fazem parte do projeto de extensão Grafite em Movimento (GEM), coordenado pela professora Magda Rezende. “Ficamos muito honrados com o convite da Arquidiocese para a grafitagem no espaço da Catedral Cristo Rei. Será uma obra importante e esta é uma oportunidade para mostrarmos o nosso trabalho”, explica a docente. A professora revela também que “alguns dos artistas são ex-pichadores e hoje se empenham para deixar o espaço urbano mais belo, mais agradável”.
 

O trabalho dos artistas foi destaque no jornal Estado de Minas, Portal Uai, TV Alterosa, TV Horizonte e Rádio América 750 AM. Em entrevista ao Estado de Minas e Portal Uai, o estudante César Batista, de 20 anos, disse que ficou um pouco apreensivo diante do desafio de deixar sua marca no terreno que abrigará a Catedral Cristo Rei. Ele explicou que cada estudante pôde exercer de forma livre a criatividade, mas que os desenhos, dos diferentes autores, deveriam se encaixar. O também estudante de Design Thiago Antunes Martins, 24 anos, ficou feliz com a oportunidade. “Além de deixar nossa arte no muro, vamos contribuir para termos uma cidade mais bonita”, disse o jovem, durante entrevista ao Estado de Minas.

Assim que o filme sobre o trabalho dos estudantes estiver concluído, serão publicados nos sites da Arquidiocese de Belo Horizonte e da Catedral Cristo Rei os dias, locais e horários de exibição do trabalho.