Você está em:

Gentileza começa com a gente

Um surto de gentiliza e generosidade em drive-thrus está ocorrendo nos Estados Unidos, às vezes resultando em filas contínuas de centenas de carros pagando a conta das pessoas que vem atrás. O maior deles ocorreu em dezembro de 2012 numa loja Tim Hortons em Winnipeg, quando 228 carros consecutivos pagaram as contas uns dos outros.

 “Pagar adiantado” significa fazer uma bondade sendo amigável com um terceiro, não necessariamente a pessoa que foi bondosa com você. Atualmente, pode-se ver nas pessoas um desejo expresso de fazer algo de bom, numa época em que tanta coisa no mundo parece desanimadora. Trata-se de dar, de deixar que as pessoas vejam que existem pessoas boas por aí e que nós podemos sim, mudar as coisas, sendo gentis uns com os outros.

 Mas talvez ser gentil com quem não conhecemos seja mais fácil, ou mesmo em situações cotidianas da vida, com um sorriso, um “bom dia”, um “obrigada” com quem cruza nosso caminho. Mas o que me diz quando a gentileza precisa acontecer no ambiente de trabalho, muitas vezes com pessoas que não nos afinamos, nos desagradam ou até desrespeitam? Seria incrível sermos gentis com aquele colega de trabalho sem ética ou mesmo aquele chefe que pelo poder lhe conferido, acha que tudo pode.  É possível praticar a gentiliza nessas situações?

 Para mim é um exercício diário e acredito mesmo que todos os seres devem ser tratados com gentileza. E pense: só depende de nós! Quanto mais gentis formos, mais barreiras, irritações e chateações venceremos. Afinal, como sabiamente dizia o poeta Gentileza: “Gentileza gera gentileza”.

 

Cada pessoa é uma pequena parte de um imenso todo, mas cada uma dessas partes tem o poder de fazer uma grande diferença na teia da vida

 Mas na verdade, apenas respeitando a nós mesmos é que seremos capazes de enxergar a beleza da vida e a sutileza e importância das relações. Para ser gentil com os outros precisamos primeiro ser gentis com nós mesmos, respeitando-nos, enxergando nossas dificuldades, acolhendo nossos defeitos e qualidades, desarmando nosso coração. Atitudes que parecem simples em essência, mas que mais do que um sorriso ou um bom dia, expressam a alegria que contagia, a pureza da alma, o respeito nas relações, o se compartilhar por inteiro. E isso sim é generosidade, é gentileza.

 É hora de exercitar a gentileza com quem está próximo e você se surpreenderá com os resultados. Quer conviver com pessoas mais gentis? Que tal começar prestando atenção em você mesmo agora? Cada pessoa é uma pequena parte de um imenso todo, mas cada uma dessas partes tem o poder de fazer uma grande diferença na teia da vida.

 Que tal pensar em pequenas ações cotidianas de gentileza, que podem contribuir em muito no seu ambiente de trabalho?

•    Convide os colegas para almoçar;
•    Incentive momentos de descontração no escritório promovendo a hora do lanche da tarde;
•    Faça comemorações informais nas datas especiais;
•    Estimule a oferta de carona entre os membros da equipe, o caminho que seria demorado e monótono passa a ser uma parte divertida do dia, quando aquelas pessoas podem conversar e se conhecerem melhor, criando empatia e afinidade;
•    Respeite as diferenças de opinião e tente se colocar no lugar do outro;
•    Seja humilde e procure ajuda quando necessário;
•    Disponha-se a ajudar quem estiver com dificuldade;
•    Receba críticas sem se sentir ofendido, esteja presente para ouvir e peça desculpas quando perceber que estava errado;
•    Sorria sempre!
Alegria contagia. Respeito inspira respeito. Boas ações geram boas ações. Gentileza gera gentileza! Seja a mudança que você quer ver no mundo! 

 

Izabella Ceccato
 Fundadora da Eco Rede Social