Você está em:

Fiéis têm até o dia 20 para fazer suas orações ao passar pela Porta Santa da Misericórdia

Dom Walmor na abertura da Porta Santa, no Santuário Nossa Senhora da Piedade

Milhares de peregrinos de diversos lugares da Capital Mineira e da Região Metropolitana de Belo Horizonte  já fizeram suas orações e atravessaram a Porta Santa,  recebendo indulgência plenária conforme decreto do Papa Francisco que instituiu o Ano Santo Extraordinário da Misericórdia, no período de 8 de dezembro de 2015 a 20 de novembro de 2016, com o tema “Misericordiosos como o Pai”.

 

A partir de domingo, dia 13 de novembro,  a Porta Santa, nas diversas igrejas e santuários da Arquidiocese de BH, será fechada, ritual que se encerra no dia 20 de novembro, quando a Igreja celebra a Festa de Cristo Rei. Uma programação especial, com Missas e confissões, foi preparada para receber os fiéis na Tenda Cristo Rei, situada no bairro Juliana, às margens da Avenida Cristiano Machado, onde está sendo construída a Catedral Cristo Rei. Os fiéis terão até o dia 20 para fazer suas orações na Porta Santa da Misericórdia.  (Confira aqui os locais que receberam a Porta Santa,  na Arquidiocese de BH)

Segundo o Papa Francisco, a misericórdia: é o caminho que une Deus e o homem, porque nos abre o coração à esperança de sermos amados para sempre, apesar da limitação do nosso pecado. “Há momentos em que somos chamados, de maneira mais intensa, a fixar o olhar na misericórdia, para nos tornarmos, nós mesmos, sinais eficazes do agir do Pai. Foi por isso que proclamei um Jubileu Extraordinário da Misericórdia como tempo favorável para a Igreja, a fim de se tornar mais forte e eficaz o testemunho dos crentes” – disse o Papa .

Na celebração do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, dez lugares especiais de peregrinação da Arquidiocese de Belo Horizonte receberam a Porta Santa, dentre eles, a Ermida da Padroeira de Minas Gerais- Santuário Nossa Senhora da Piedade e a Tenda Cristo Rei, onde está sendo construída a Catedral Cristo Rei.

Dom Walmor recorda que peregrinar a um dos lugares que recebem a Porta Santa, buscar o Sacramento da Reconciliação, recitar a oração do Credo e rezar pelas intenções do Papa Francisco é o caminho para se alcançar as graças no Jubileu da Misericórdia.

O Arcebispo explica que o objetivo do Jubileu “é incentivar cada um dos fiéis a colocar Cristo no centro de suas vidas, porque só Ele é capaz nos mostra Deus – Pai Misericordioso”. De acordo com dom Walmor, cada pessoa deve buscar a verdadeira alegria que nasce da esperança. “Essa alegria é a certeza de que Deus está conosco e, apesar das muitas dificuldades, não seremos derrotados”, afirma.

 

Porta Santa – Lugares para peregrinações na Arquidiocese de Belo Horizonte:

Belo Horizonte

– Tenda Cristo Rei
Av. Cristiano Machado, 11910 – Bairro Juliana

– Santuário  Arquidiocesano da Saúde e da Paz
Paróquia Sagrados Corações
Rua Padre Eustáquio, S/Nº – Bairro Padre Eustáquio. Informações: 3462.6557

– Santuário Nossa Senhora da Conceição
Rua Além Paraíba, 152 – Bairro Lagoinha. Informações: 3422.6966

– Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua
Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem
Rua Sergipe, 175 – Bairro da Boa Viagem. Informações: 3222.2361

– Santuário São Paulo da Cruz
Praça Domingos Gatti, S/Nº – Barreiro de Baixo. Informações: 3384.1794
 
– Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu
Rua Macaé, 629 – Bairro da Graça. Informações: 2526.4164 / 2526.4648

– Paróquia São Geraldo, no Bairro São Geraldo

Avenida Itaité, 530  – Bairro São Geraldo. Informações:  3487-1614

Brumadinho

– Paróquia São Sebastião
Av. Barão do Rio Branco, 165 – Centro. Informações: 3571.1437

Caeté

– Santuário Nossa Senhora da Piedade
Serra da Piedade, S/Nº. Informações: 3651.6335

Confins

– Santuário Tabor da Liberdade
Rua Nazires Queiroz Lara, 230. Informações: 3484.5948 / 3686.0245

 
Sabará
 
– Santuário Santo Antônio
Praça da Igreja, S/Nº – Roça Grande. Informações: 3671.1435