Você está em:

Fiéis encerram ano especial dedicado à Irmã Benigna com celebração

Integrantes da Associação dos Amigos da Irmã Benigna (Amaiben) e da Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade celebraram o encerramento do ano especial dedicado à Serva de Deus durante Missa no dia 16 de dezembro, na Igreja Santa Tereza e Santa Teresinha. Momento para agradecer a Deus pelo abençoado ano de 2016, que os permitiu caminhar, levando a um grande número de pessoas a devoção e o exemplo de Irmã Benigna. 
 
Durante todo o ano, foram celebradas Missas no dia 16 de cada mês, para homenagear a religiosa, recordando as datas de seu nascimento (16 de agosto) e de falecimento (16 de outubro). A programação incluiu Missas nas cidades que marcaram a caminhada de fé da Serva de Deus, recontando a história de sua vida.
 
A acolhida especial da relíquia da Serva de Deus Irmã Benigna no Santuário Nossa Senhora da Piedade, no mês de outubro,  foi um momento muito significativo na celebração dos 35 anos do falecimento da Serva de Deus. Na ocasião, dom Walmor presidiu Missa e abençoou a pedra fundamental do Memorial dedicado à religiosa.  As relíquias da Irmã Benigna foram trasladadas para a cripta na Capela São Luiz, situada no  Recanto Monsenhor Domingos, situado aos pés do Santuário Nossa Senhora da Piedade. 
 
Irmã Benigna Victima de Jesus nasceu em 1907, na cidade de Diamantina (MG). Tornou-se religiosa da Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade e sua vida foi marcada pela caridade e generosa acolhida aos mais pobres. Morreu no dia 16 de outubro de 1981. No dia 15 de outubro de 2011, o processo de beatificação de Irmã Benigna foi aberto e a fase diocesana encerrada em janeiro de 2013. Uma Missa marcou o encerramento da fase local e o início da etapa romana.